NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Domingo, 22 de Maio de 2022
POLÍTICA
Sábado, 14 de Maio de 2022, 07h:40

ELEIÇÕES 2022

Lula, Mauro e Wellington lideram a disputa na Baixada Cuiabana

Foram entrevistados 600 eleitores em Cuiabá, Várzea Grande e mais 12 cidades. Margem de erro é de 4 pontos

Da Redação
Reprodução
O ex-presidente, o governador e o senador lideram na intenções de voto, sendo a pesquisa do IPCM

Um levantamento feito pelo instituto Inteligência, Pesquisa, Comunicação e Marketing (IPCM Pesquisa), na Baixada Cuiabana (Capital e outras 12 cidades), aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o governador Mauro Mendes (União Brasil) e o senador Wellington Fagundes (PL) lideram nas intenções de voto, na disputa pela Presidência da República, Governo de Mato Grosso e Senado.

A pesquisa foi realizada por telefone, entre os dias 7 e 10 de maio.

Na pesquisa espontânea, quando os eleitores são questionados em quem votariam, Lula tem 32,89% das intenções; Jair Bolsonaro (PL), 30,23%; e Ciro Gomes (PDT), 1,50%.

Na estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados, Lula vai a 39,87%, Bolsonaro a 36,05% e Ciro a 2,82%.

Leia também:

Pesquisa aponta Lula com 46% e chance de vitória em 1º turno

Na pesquisa espontânea, Mauro Mendes tem 32,39%, Blairo Maggi (PP) - que não é candidato - aparece com 6,31% das intenções.

O governador aparece com 48,50% e o ex-ministro, com 18,27% das intenções na pesquisa estimulada.

Na disputa pela única vaga ao Senado, Wellington Fagundes, que disputa a reeleição, tem 11,96% das intenções, contra 8,97% de Blairo Maggi, na pesquisa espontânea.

No cenário estimulado, Wellington tem 24,92%, contra 22,76% de Maggi. 

Veja os números a seguir:

PRESIDÊNCIA - ESPONTÂNEA

Lula - 32,89%

Jair Bolsonaro - 30,23%

Ciro Gomes - 1,5%

João Dória - 1,5%

Eduardo Leite - 0,33%

Felipe D'Ávila - 0,17%

José Eymael - 0,17%

Vera Lúcia - 0,17%

André Janones - 0,17%

Não sabe - 26,91%

Nulo/Branco - 2,66%

Indeciso - 1,99%

Abstenção - 1,33% 

PRESIDÊNCIA - ESTIMULADA

Lula - 39,87%

Jair Bolsonaro - 36,05%

Ciro Gomes - 2,82%

João Doria - 2,82%

Eduardo Leite - 0,83%

Vera Lucia - 0,66%

José Eymael - 0,5%

Felipe D'Ávila - 0,33%

Luciano Bivar - 0,33%

André Janones - 0,33%

Simone Tebet - 0,17%

Leonardo Péricles - 0,17%

Nulo / Branco - 8,97%

Indeciso - 2,99%

Não sabe/Não respondeu - 3,16% 

GOVERNO DO ESTADO - ESPONTÂNEA 

Mauro Mendes - 32,39%

Blairo Maggi - 6,31%

Wellington Fagundes - 2,66%

Ex-reitora Maria Lúcia Cavalli -1,66%

José Roberto Stopa - 0,83%

Flávio Frical - 0,5%

Botelho - 0,17%

Janaína - 0,17%

Não sabe/Não respondeu - 51,99%

Nulo/branco -1,66%

Indeciso - 1,66% 

GOVERNO DO ESTADO - ESTIMULADA

Mauro Mendes - 48,50%

Blairo Maggi -18,27%

Wellington Fagundes - 6,98%

José Roberto Stopa - 4,32%

Ex-reitora Maria Lúcia Cavalli - 2,99%

Flávio Frical -1,33%

Indeciso - 3,16%

Não sabe/Não respondeu - 9,97%

Nulo/Branco - 4,49%  

SENADO  - ESPONTÂNEA 

Wellington Fagundes -11,96%

Blairo Maggi - 8,97%

Mauro Mendes - 4,98%

Neri Geller - 3,32%

Natasha Slhessarenko - 1,83%

Jayme Campos - 0,83%

Antônio Galvan - 0,66%

Rosa Neide - 0,17%

Não sabe/Não respondeu - 62,13%

Indeciso - 3,49%

Nulo/Branco - 1,66% 

SENADO - ESTIMULADA 

Wellington Fagundes - 24,92%

Blairo Maggi - 22,76%

Neri Geller - 7,97%

Natasha Slhessarenko - 7,97%

Antônio Galvan - 2,82%

Não sabe/Não respondeu - 20,43%

Nulo/Bbranco - 9,80%

Indeciso - 3,32% 

PESQUISA IPCM - Foram entrevistados 600 eleitores em Cuiabá, Várzea Grande, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Acorizal, Barão de Melgaço, Jangada, Nobres, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Rosário Oeste e Santo Antônio de Leverger.  e em mais 12 cidades de Mato Grosso (veja a lista abaixo).

A margem de erro é de 4 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. 

A pesquisa do IPCM foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral ,sob o número BR-09645/2022, e no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, sob o número MT-04289/2022. 

O IPCM é de propriedade do advogado, jornalista e publicitário João Pedro Marques. 


2 COMENTÁRIOS:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

LUZMAR OLIVEIRA SILVA  16-05-2022 09:01:21
PESQUISA MANIPULADA. KKKKKKK QUEREM FAZER CRÊ QUE O MOLUSCO ESTÁ NA FRENTE. O CHORO É LIVRE

Responder

0
1
Henrique Alves  14-05-2022 13:03:57
600 pessoas? Essa pesquisa tá de brincadeira?

Responder

1
3



ENQUETE
Você acha que se justifica a polêmica entre Governo e Prefeitura em torno de VLT e BRT?
Tudo não passa de interesses político-eleitorais
O VLT já era. Obra deveria ter saído em 2014
O BRT não vai melhorar o sistema de transporte público
Qualquer um dos modais é solução para Cuiabá e VG
PARCIAL