NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 16 de Agosto de 2022

POLÍTICA
Quinta-feira, 04 de Agosto de 2022, 18h:53

OPOSIÇÃO A MAURO MENDES

Grupo de esquerda confirma pré-candidatura de 1ª dama ao Governo

Márcia Pinheiro será homologada candidata ao Palácio Paiaguás em convenção do PT-PV-PCdoB, nesta sexta

Da Redação
Olhar Direto
Márcia Pinheiro teve sua pré-candidatura anunciada em reunião conjunta da federação PT-PV-PCdoB, com PP e PSD

A Federação Brasil da Esperança (PT, PV e PCdoB) confirmou, no começo da noite desta quinta-feira (4), a pré-candidatura da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), ao Governo de Mato Grosso.

A definição ocorreu durante uma reunião, em um hotel da cidade, com a participação dos principais líderes dos três partidos de esquerda e do PP e PSD.

Em princípio, Márcia Pinheiro era nome praticamente certo como suplente na chapa encabeçada pelo deputado federal Neri Geller (PP), pré-candidato a senador pela oposição.

Leia também:

Senador diz que Bolsonaro pode visitar Mato Grosso no dia 22

A primeira-dama tornou-se uma alternativa para a disputa majoritária a partir do momento em que o senador Carlos Fávaro, principal líder do PSD em Mato Grosso, não aceitou, definitivamente, disputar o Palácio Paiaguás.

Fávaro vai atuar como coordenador da campanha do ex-presidente Lula (PT) ao Palácio do Planalto, no Estado.

O fim do impasse sobre a pré-candidatura de Márcia Pinheiro acontece às vésperas da convenção da federação PT-PV-PCdoB, marcada para a tarde desta sexta-feira (5), em um hotel na Avenida do CPA.

A reunião desta quarta-feira contou com a presença do marido de Márcia, o prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB), principal incentivador do projeto, e do deputado Neri Geller e do senador Carlos Fávaro.


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

JOSE RIBEIRO DA SILVA  05-08-2022 06:39:38
Essa chapa natimorta talvez nem chegue a sobreviver e podem se desfazer como gelo ao sol O Neri Geller com sua candidatura fake ao senado é a cara da derrota e se ele não fosse tão arrogante e imbecil desistiria do senado e sairia candidato a deputado estadual, porque para federal ele não tem densidade eleitoral Olhando para a foto dessa matéria percebe-se nitidamente o ânimo dessa trupe Creio que o único objetivo deles seja avançar sobre a verba do fundo partidário e tirar algum proveito disso aí, porque as chances de cada deles é = 0,00%

Responder

1
0



ENQUETE
Cuiabá flerta, cada vez mais, com o rebaixamento no Brasileirão. De quem é a culpa?
Do treinador
Da torcida
Dos cartolas
Dos jogadores
PARCIAL