NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 29 de Junho de 2022

POLÍCIA
Quinta-feira, 12 de Maio de 2022, 10h:30

AVALIADA EM R$ 5 MILHÕES

PF e PM flagram carga de 213 kg de cocaína da Bolívia

Um rapaz de SC foi preso. Ele pegou a droga em Pontes e Lacerda e a levaria para o interior de São Paulo

Da Redação
PF/MT
A apreensão ocorreu nesta quinta-feira (12), e a carga está avaliada em cerca de R$ 5 milhões.

Uma ação conjunta da Polícia Federal, do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e da Força Tática, da Polícia Militar, levou à apreensão de 213,8 kg de cloridato de cocaína, em Cuiabá.

A apreensão ocorreu nesta quinta-feira (12), e a carga está avaliada em cerca de R$ 5 milhões.  

A PF informou que um rapaz de 22 anos foi preso, mas o nome não foi divulado.

Leia também:

PF mira grupo que atua no comércio ilegal de agrotóxicos

Ele é de Santa Catarina, onde foi contratado para pegar a droga em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste de Cuiabpa), na fronteira com a Bolívia.  

De Pontes e Lacerda, ele trouxe a carga em um Fiat Doblô até Cuiabá, e deixou o veículo em uma transportadora. 

A Polícia Federal fez o trabalho de inteligência para localizar o suspeito.

Com as informações, os agentes foram até a transportadora. 

Equipe do Bope e da Força Tática, com cães farejadores, ajudaram na localização do carro.

O veículo seria seria embarcado em um caminhão-cegonha.  

A carga tinha como destino São Bernado do Campo (SP) e a Zona Norte da Capital Paulista.  


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Os casos de infecção por Covid voltaram a crescer em Mato Grosso. De quem é a culpa?
Do Poder Público, que "liberou geral" quando a pandemia diminuiu
De parte da população, que desconsiderou a necessidade da vacinação
Da Saúde Pública, que não intensifica campanha de conscientização
Das prefeituras, que decretaram o fim da obrigatoriedade das máscaras
PARCIAL