NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 24 de Junho de 2022

POLÍCIA
Quinta-feira, 16 de Junho de 2022, 13h:25

ACERTO DE CONTAS

Jovem é executado na frente na namorada com tiros no rosto

O assassino, segundo testemunha, chegou ao local em uma bicicleta e começou a cobrar uma dívida

TÉO GOMES
Da Reportagem
PMMT
A ocorrência foi registrada pela PM na cidade de Sorriso, no Norte de MT

Ao cobrar uma suposta dívida, um homem matou, com tiros no rosto e na cabeça, o jovem Gustavo Silva Rodrigues dos Santos, de 21 anos. 

O crime, segundo a Polícia Militar, aconteceu no início da madrugada desta quinta-feira (17), na porta da casa dele, no bairro Vila Bela, na cidade de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá). 

O assassino, segundo a namorada de Gustavo, chegou ao local em uma bicicleta e começou a cobrar a dívida.

A quantia não foi revelada.  

Leia também:

Dupla rouba carro, sequestra mulher e é morta pela PM

Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve na cena e constatou a morte de Gustavo ainda no local.

Agentes da Perícia Oficial do Estado (Politec) confirmaram que os tiros atingiram, principalmente, o rosto de Gustavo. 

Segundo a testemunha do homicídio duplamente qualificado – sem chances para a defesa da vítima -, o homem parou a bicicleta, na porta da casa, e pediu para Gustavo pegar o dinheiro.

“Eu quero agora”, teria dito o atirador.  

O assassino dizia, ainda, segundo a namorada de Gustavo, que tinha que "acertar as contas" com ele.

A testemunha teria ouvido o suspeito falar em uma terceira pessoa, que seria chamada no local. 

Gustavo disse que estava sem o celular e pediu para a namorada ir buscar o aparelho na quitinete.

Mas, quando ela estava voltando, já escutou os disparos dos tiros e, em seguida, viu o rapaz caído no chão. 

A jovem conta que chegou a ver a arma de fogo na cintura do suspeito, antes de sair do local para pegar o celular, e que o atirador usava um boné com detalhes amarelos na frente. 

A Polícia Militar fez buscas, até o final da madrugada desta quinta-feira, mas não conseguiu pistas do atirador. 

A Polícia Civil fez a liberação do corpo para o IML, e começou as investigações ainda no local do crime, tendo como principal linha um “acerto de contas”.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Os casos de infecção por Covid voltaram a crescer em Mato Grosso. De quem é a culpa?
Do Poder Público, que "liberou geral" quando a pandemia diminuiu
De parte da população, que desconsiderou a necessidade da vacinação
Da Saúde Pública, que não intensifica campanha de conscientização
Das prefeituras, que decretaram o fim da obrigatoriedade das máscaras
PARCIAL