NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 24 de Maio de 2022
POLÍCIA
Domingo, 08 de Maio de 2022, 12h:33

EXECUÇÃO SUMÁRIA

Homem leva 6 tiros na cabeça em uma "encomenda" do CV

Facção teria pago R$ 25 mil pela morte de homem que matou outro no Estado do Maranhão

TÉO GOMES
Da Reportagem
Divulgação
A Polícia Civil de Querência investiga a execução de homem tiros

A Polícia Civil investiga a ocorrência de mais uma morte "encomendada" por uma facção criminosa, em Mato Grosso.

Desta vez, o crime aconteceu na cidade de Querência (945 km a Nordeste de Cuiabá).

Segundo as informações, o Comando Vermelho teria pago R$ 25 mil pelas mortes de um homem e um irmão dele, depois que o primo dos dois executou a tiros uma pessoa, no Estado do Maranhão.

Leia também:

Motoristas de carretas são sequestrados, dopados e torturados

A vítima, de 29 anos, que não teve o nome divulgado, foi executada com seis tiros, todos na cabeça, por volta das 4h deste domingo (8).

A vítima estava voltando de um bar a pé, quando foi abordada perto do alojamento onde morava.

Uma testemunha relatou à PM que o homem havia dito para alguns colegas de trabalho que seu primo havia executado um integrante do Comando Vermelho (CV), no Maranhão.

E, como forma de retaliação, a facção ofereceu R$ 25 mil pela sua morte e do irmão.

Outras duas testemunhas, que moram no mesmo alojamento, contaram, no boletim de ocorrência, que estavam no mesmo bar, no Setor F, e foram embora para a residência.

Todos caminhavam a pé, e o colega a alguns metros à frente, quando dois desconhecidos se aproximaram em uma motocicleta.

O homem que estava na garupa desceu e fez os disparos contra a vítima.

Ele ainda chegou a entrar no alojamento e correr para os fundos, mas caiu agonizando e morreu em segundos, devido aos graves ferimentos na cabeça.

O corpo foi liberado pela Polícia Civil para o IML, após a perícia preliminar de agentes da Perícia Oficial do Estado (Politec).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que se justifica a polêmica entre Governo e Prefeitura em torno de VLT e BRT?
Tudo não passa de interesses político-eleitorais
O VLT já era. Obra deveria ter saído em 2014
O BRT não vai melhorar o sistema de transporte público
Qualquer um dos modais é solução para Cuiabá e VG
PARCIAL