Diario de Cuiabá

Quinta-feira, 04 de Agosto de 2022, 12h:46

PM mata dois bandidos após assalto e confronto; um é preso

Na fuga em um carro roubado, os bandidos bateram contra duas motos e contra um muro, em Diamantino

TÉO GOMES
Da Reportagem

Depois de uma invasão a residência, seguida de roubo com ameaças de morte, três bandidos entraram em confronto com uma guarnição da Polícia Militar.

Segundo as informações, os ladrões usavam cinco armas de fogo.

O saldo do confronto foi a morte de dois bandidos e um terceiro preso em flagrante. 

Na fuga em um carro roubado, os bandidos, além de colocarem em risco a vida de pessoas, bateram contra duas motos e contra um muro, quando desceram do veículo, trocando tiros contra os policiais militares.  

Leia também:

Homem ameaça matar mulher com submetralhadora e é preso

O confronto, segundo a PM, aconteceu na tarde de quarta-feira (3), no centro da cidade de Diamantino (208 km a Médio-Norte de Cuiabá).  

Segundo a versão oficial da Polícia Militar, os policiais chegaram ao local do assalto quando os bandidos já haviam roubado uma caminhonete, objetos pessoais e produtos eletrônicos. 

Os bandidos não obedeceram às ordens para que se entregassem e deixaram o local em alta velocidade, gerando uma perseguição. 

Daí em diante, começou a perseguição e a troca de tiros entre policiais e bandidos, deixando a população local assustada, ao ponto de trancarem suas residências, com medo de uma bala perdida.  

O tiroteio, segundo a PM, só parou quando dois bandidos foram baleados, e um deles se entregou, levantando os braços.   

Tanto os criminosos quanto os policiais dispararam, nesse momento.

Com os bandidos, a Polícia Militar apreendeu cinco armas de fogo com munições intactas e deflagradas, e ainda recuperou a camimhonete e os objetos roubados de dentro da casa. 

A Polícia Civil fez a liberação dos corpos para o IML, após a perícia preliminar de agentes da Perícia Oficial do Estado (Politec).

 A Polícia não divulgou os nomes dos dois bandidos mortos e do preso.

Também não informou se os três tinham antecedentes criminais.


Fonte: Diario de Cuiabá

Visite o website: www.diariodecuiaba.com.br