Diario de Cuiabá

Segunda-feira, 21 de Agosto de 2000, 21h:54

Polícia Federal ouve tripulação de avião seqüestrado no Paraná

A Polícia Federal ouviu ontem em Curitiba o comandante, o co-piloto e os comissários de bordo do vôo 280 da VASP, seqüestrado quarta-feira à tarde durante o trajeto entre Foz Iguaçu e Curitiba, e desviado para Porecatu, no norte do Paraná. Eles estiveram na sede da PF para ajudar na confecção do retrato falado dos cinco seqüestradores, que fugiram levando R$ 5 milhões, pertencentes ao Banco do Brasil. Nem o comandante Sérgio Carmo dos Santos, nem o co-piloto Mauro Bittencourt Barge, nem os comissários Ariovaldo Virgilio Pereira, Cristina da Cruz Silva, Márcia Valéria Vieira Campos e Vitoria Regina Andrade Simas, quiseram fazer declarações. "Agora não vou dizer nada, por favor", pediu o comandante, enquanto entrava na sede da Polícia Federal, por volta das 16 horas. Uma das comissárias de bordo, que não se identificou aos jornalistas, disse que iria falar sobre o que viu. Ao ser interrogada sobre o que teria visto, ela se calou. O delegado Regional da PF, Luís Neuzer, afirmou que, para a confecção do retrato falado final, serão combinadas também as informações colhidas de passageiros em Londrina e de funcionários do aeroporto internacional de Foz do Iguaçu.

Fonte: Diario de Cuiabá

Visite o website: www.diariodecuiaba.com.br