NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 24 de Junho de 2022

ILUSTRADO
Quinta-feira, 23 de Junho de 2022, 08h:04

CINEMA

'Top Gun: Maverick' ultrapassa R$ 4,6 bilhões em bilheteria global

Filme é considerado o maior sucesso da carreira de Tom Cruise

Da Folhapress - São Paulo
Top Gun: Maverick

O filme "Top Gun: Maverick" já é considerado a maior bilheteria da carreira de Tom Cruise, 59, arrecadando US$ 901,9 milhões (cerca de R$ 4,6 bilhão) globalmente em apenas 25 dias de lançamento, segundo o site Deadline.        

  Do total arrecadado, US$ 474,8 milhões (mais de R$ 2,4 bilhão) correspondem às bilheterias nos Estados Unido. Já as bilheterias internacionais representam US$ 427 milhão (cerca de R$ 2,2 bilhão).      

  Antes de atingir essa marca, o longa havia se tornado a estreia de maior sucesso comercial de Cruise ao atingir a arrecadação de US$ 126,7 milhões —o equivalente a cerca de R$ 597 milhões— nos três primeiros dias de exibição nos cinemas dos Estados Unidos, segundo a revista especializada The Hollywood Reporter.      

  ​O novo "Top Gun" marca a volta de Cruise ao personagem Pete "Maverick" Mitchell, que ele já havia interpretado na primeira versão do filme, lançada nos anos 1980 e dirigida por Tony Scott.          

  O ator chamou a atenção neste último trabalho por sua aparência congelada no tempo, disfarçando sua trajetória em Hollywood, que passou por quase todos os gêneros do cinema. Ele trabalhou com diretores como Stanley Kubrick, Brian De Palma, Steven Spielberg e Paul Thomas Anderson, além de ter protagonizado franquias populares como "Missão Impossível".


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Os casos de infecção por Covid voltaram a crescer em Mato Grosso. De quem é a culpa?
Do Poder Público, que "liberou geral" quando a pandemia diminuiu
De parte da população, que desconsiderou a necessidade da vacinação
Da Saúde Pública, que não intensifica campanha de conscientização
Das prefeituras, que decretaram o fim da obrigatoriedade das máscaras
PARCIAL