NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 18 de Agosto de 2022

ESPORTES
Sexta-feira, 05 de Agosto de 2022, 20h:30

TÊNIS DE MESA

Hugo Calderano vai à final de WTT da Tunísia após 4 vitórias e nenhum set perdido

Estadão Conteúdo
Hugo Calderano

Hugo Calderano continua fazendo bonito nas competições internacionais de tênis de mesa. Número seis do mundo atualmente, o brasileiro decide o WTT Contender da Tunísia, neste sábado de manhã, após vencer seus quatro jogos na competição sem perder um único set.

O adversário de Calderano na disputa pela medalha de ouro será o francês Alexis Lebrun, a quem enfrentou em maio em desafio na Arena Carioca 1, no Rio. Na ocasião o brasileiro levou a melhor, ganhando por 3 a 2.

 

Para avançar à final, Calderano teve uma campanha impecável na Tunísia. Na semifinal, diante do sul-coreano Jang Woogin, vitória imponente por 4 a 0, parciais de 11/6, 11/9, 11/9 e 12/10 nesta sexta-feira. Na abertura do dia, pela manhã, teve pela frente Liao Cheng-Ting, de Taiwan, e passou com 11/4, 11/9 e 12/10.

No caminho até a decisão foram somente oponentes asiáticos. A competição começou na quarta-feira, com o principal mesa-tenista brasileiro da atualidade passando sem problemas por rival de Taipei, ganhando por 11/8, 11/8 e 12/10. Na quinta feira, o rival das oitavas de final vinha da forte escola chinesa, Liu Dingshuo, a quem superou com extrema facilidade, por 3 a 0, parciais de 11/2, 11/4 e 11/7.

Calderano vem em busca de reabilitação no circuito após parar nas oitavas no WTT Champions Budapeste, na Hungria, no qual levou 3 a 0 de Lim Jonghoon, com 12/10, 12/10 e 11/3. Calderano é o segundo cabeça de chave da etapa, que reuniu somente 9 mesa-tenistas do Top 30 mundial.

 

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Cuiabá flerta, cada vez mais, com o rebaixamento no Brasileirão. De quem é a culpa?
Do treinador
Da torcida
Dos cartolas
Dos jogadores
PARCIAL