NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 24 de Maio de 2022
ESPORTES
Sábado, 14 de Maio de 2022, 08h:00

FUTEBOL INGLÊS

Guardiola dispara contra críticas de ex-jogadores: "Destruímos eles na Liga"

Estadão Conteúdo

Ainda incomodado com a eliminação do Manchester City na semifinal da Liga dos Campeões, o técnico Pep Guardiola disparou nesta sexta-feira contra os críticos. Ele ironizou comentários feito por ex-jogadores, como Berbatov, Seedorf e Patrice Evra, de que teria faltado personalidade aos atletas do City na partida da volta contra o Real Madrid.

Há nove dias, o time inglês sofreu dois gols nos minutos finais do jogo, levou a virada do rival espanhol e foi superado na prorrogação, perdendo a vaga na decisão. Nesta sexta, Guardiola foi questionado em coletiva de imprensa sobre a personalidade que o time demonstrou após a dura eliminação. Foram duas goleadas seguidas, por 5 a 0 e 5 a 1, no Campeonato Inglês.

 

"Essa resposta é muito fácil: é a mesma personalidade com a qual perdemos em Madri nos últimos três minutos da partida", enfatizou Guardiola, antes de mencionar ex-jogadores, que não haviam sido citados na pergunta do jornalista. "Como disseram os 'especialistas', ex-jogadores, como Berbatov, Seedorf e Patrice Evra, esse tipo de pessoa que já jogou bola e eu já os enfrentei, e não vi esse tipo de personalidade quando nós os destruímos na final da Liga dos Campeões, contra o Manchester United."

 

O treinador do City se referia à final da Liga dos Campeões da temporada 2008-09, quando ele comandava o Barcelona. O time espanhol venceu o United por 2 a 0. Evra e Berbatov estavam em campo, defendendo o time inglês.

"Temos o mesmo caráter e a mesma personalidade (de sempre). Quando sofremos dois gols em um minuto depois de ter duas chances para marcar, não temos personalidade e somos como bebê, mas quando marcamos 22 gols em quatro jogos, temos uma incrível personalidade. Assim não é possível. Peço desculpas, mas discordo totalmente. Personalidade é o que temos feito nos últimos cinco anos, a cada três dias, em todas as competições. Isso é o que importa."

Não foi a primeira declaração forte de Guardiola após a queda na Liga dos Campeões. Na semana passada, ele ironizou as conquistas do Liverpool no Campeonato Inglês e disse que todos torciam contra o City na competição nacional. A polêmica acabou encerrada por Jürgen Klopp, que minimizou os comentários do técnico do City.

Nesta sexta, Guardiola falou também sobre o seu futuro. E disse que a eliminação recente não vai atrapalhar a negociação para a renovação do seu contrato. "Jogamos muito bem na Liga dos Campeões. Claro que estou decepcionado porque queríamos jogar a final, mas isso não vai mudar nem o meu futuro e nem o meu passado. Os objetivos que me trouxeram para a Inglaterra já foram alcançados."

O treinador, que chegou a Manchester em 2016, tem vínculo com o clube inglês até o fim da próxima temporada europeia. E já indicou que pretende estender seu contrato.

 

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que se justifica a polêmica entre Governo e Prefeitura em torno de VLT e BRT?
Tudo não passa de interesses político-eleitorais
O VLT já era. Obra deveria ter saído em 2014
O BRT não vai melhorar o sistema de transporte público
Qualquer um dos modais é solução para Cuiabá e VG
PARCIAL