NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 22 de Janeiro de 2022
ECONOMIA
Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2022, 00h:00

CARROS 0-KM

Mesmo positivas, vendas em MT fecham 2021 abaixo do crescimento observado no País

Com 9.330 veículos comercializados, dezembro foi o melhor mês do ano de 2021, em vendas, para as concessionárias de Mato Grosso

MARIANNA PERES
Da Reportagem
9.330 veículos foram comercializados em dezembro, em MT

Com 9.330, dezembro foi o melhor mês do ano de 2021, em vendas, para as concessionárias de Mato Grosso. Apesar do incremento na reta final do ano, o saldo de comercialização no ano ficou abaixo do registrado na média nacional. O acumulado revela uma expansão de 7,65% em relação a tudo que foi comercializado em 2020. No Brasil a evolução anual foi de 10,57%, conforme dados divulgados ontem pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

São consideradas as vendas de todos os segmentos: Auto, Comercial Leve, Caminhão, Ônibus, Moto, Implemento Rodoviário e outros. O crescimento de 7,65% é o resultado do total comercializado ao longo de 2021, quando foram contabilizadas 96.675 unidades, ante as 89,803 unidades de todo 2020.

Conforme o balanço da Fenabrave, a maior parte das vendas foi dos segmentos de auto e comercial leve, que somaram 44.849 unidades, participando com 46,39% de toda a movimentação do setor de zero quilômetro em Mato Grosso. Participando com 36,97% está o segmento de motos, com 35.742 unidades vendidas ao longo de 2021.

Na comparação mensal, dezembro ante novembro, as vendas aumentaram em 29,75%, com o saldo saindo de 7,191 unidades para 9.330. Já em relação a dezembro de 2020, há retração de 15,14%, já que naquele momento o saldo mensal era de 10.994 unidades comercializadas.

No País, conforme a entidade, em dezembro de 2021, todos os segmentos automotivos tiveram alta em relação ao mês anterior. No ano de 2021, o acumulado atingiu 3.497.077 unidades de veículos zero km comercializados, num crescimento de 10,57% sobre 2020.

“Os números estão bem próximos aos divulgados em nossas últimas projeções. O ano de 2021 foi complexo, em diversos aspectos. Ainda vivemos uma crise global, de abastecimento de insumos e componentes na indústria, e novos desafios têm surgido para o setor, como os constantes aumentos nas taxas de juros, que vêm impactando nos financiamentos. Ainda assim, conseguimos fechar o ano de 2021 com o 12º melhor resultado, desde 1957”, afirma José Maurício Andreta Júnior, Presidente da Fenabrave, recém-eleito para o triênio 2022-2024.

PROJEÇÕES 2022 – A Fenabrave também divulgou as projeções de emplacamentos de veículos para o ano de 2022. A entidade prevê uma alta de 5,2%, para todo o setor, este ano. “Nossos estudos apontam para o crescimento de todos os segmentos automotivos neste ano. Mas, é claro que situações conjunturais podem afetar essas estimativas, considerando que a indústria ainda sofre com a falta de insumos e componentes eletrônicos, que estamos diante de uma economia ainda turbulenta e iniciando um ano em que teremos eleições, que costumam criar um cenário de incertezas”, diz Andreta Jr.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê a montagem do elenco do Cuiabá para a Série A?
Dentro do que se esperava
Tem que melhorar muito
Precisa de jogadores experientes
Não se pode fazer milagre
PARCIAL