NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 29 de Junho de 2022

CUIABÁ URGENTE
Quinta-feira, 23 de Junho de 2022, 08h:10

20 ANOS NO SUPREMO

Jantar para Gilmar Mendes reúne Bolsonaro, Moraes e Aécio Neves

Da Redação

STF

Gilmar Mendes

O mato-grossense Gilmar Mendes comemora 20 anos como membro do Supremo

Decano do Supremo Tribunal Federal (STF), o mato-grossense Gilmar Mendes tem sido alvo, nesta semana, de várias homanagens pela passagem dos seus 20 anos como membro da Corte.

Na quarta-feira (22), houve um jantar na residência oficial da Câmara dos Deputados, em homenagem ao ministro.

Um dos presentes foi o presidente Jair Bolsonaro (PL). Os escândalos, pelo jeito, não tiraram o apetite do chefe do Planalto.

Leia também:

Convertido ao bolsonarismo, Botelho quer que UB apoie o presidente

O jantar foi articulado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Além de Bolsonaro e Lira, estiveram presentes o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, os ministros Ciro Nogueira (Casa Civil) e Anderson Torres (Justiça), os ministros do STF, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli, e os deputados Aécio Neves, Reginaldo Lopes e Elmar Nascimento.

Na segunda-feira, outro evento em homenagem a Gilmar, promovido por Gilberto Kassab, dono do PSD, reuniu aproximadamente 300 pessoas, em um restaurante italiano. 

O jantar em torno de Gilmar ocorreu no mesmo dia em que Bolsonaro sofreu desgaste com a prisão preventiva do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, no âmbito das investigações sobre o chamado “gabinete paralelo” de pastores no MEC, que controlavam a distribuição de verbas a prefeituras.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Os casos de infecção por Covid voltaram a crescer em Mato Grosso. De quem é a culpa?
Do Poder Público, que "liberou geral" quando a pandemia diminuiu
De parte da população, que desconsiderou a necessidade da vacinação
Da Saúde Pública, que não intensifica campanha de conscientização
Das prefeituras, que decretaram o fim da obrigatoriedade das máscaras
PARCIAL