NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 29 de Junho de 2022

CUIABÁ URGENTE
Segunda-feira, 16 de Maio de 2022, 09h:23

MAU EXEMPLO

Com salário milionário e casa de luxo, coronel PM quer Justiça gratuita

Da Redação

Reprodução/Facebook

Fernanda e Bolsonaro

A coronel Fernanda e o presidente Jair Bolsonaro: militar quer Justiça gratuita

Em meio à pré-campanha para deputada federal, com a bandeira do bolsonarismo ("Deus, Pátria, Família e Liberdade"), a Coronel PM Fernanda (PL) adota algumas atitudes que, certamente, devem envergonhar seus eleitores.

Principalmente, os menos favorecidos, que não têm a sorte de morar no condomínio de luxo Alphaville e de ter garantidos na conta bancária, todos os meses, R$ 34 mil de salários.

Leia também:

"Marcha para Jesus" terá Bolsonaro como centro de "adoração"

Há tempos, a oficial tenta fazer uso da Justiça gratuita, em um processo que move contra o Governo do Estado.

A coronel Fernanda, quando nada, tenta passar uma rasteira na própria Justiça, considerando que, pela sua formação, ela deve saber que gratuidade é concedida a quem, comprovadamente, tem "insuficiência de recursos para pagar as custas, as despesas processuais e os honorários advocatícios", conforme artigo 98 do Código de Processo Civil.

A Justiça, no entanto, está atenta.

O juiz Gerardo Humberto Alves da Silva Júnior, da 4ª Vara Especializada de Fazenda Pública de Cuiabá, já se manifestou contra o pedido da coronel bolsonarista, lembrando que ela tem carro de luxo e mora num condomínio de alto padrão. 

Enquanto isso, a militar segue na "ordem unida", exaltando o presidente Jair Bolsonaro (PL) e prometendo aos seus eleitores "mudanças".


2 COMENTÁRIOS:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Everaldo  17-05-2022 09:14:33
Não. Os eleitores desse tipo de políticos não sentem vergonhas, pois sabem o que estão fazendo. Geralmente tem o mesmo comportamento e atitude. Essa é atitude das auto intituladas "pessoas de bem". Essas pessoas creem que o Estado existe para atender seus interesses e caprichos.

Responder

0
0
Marcio Aurélio Gomes  16-05-2022 13:57:23
Bem típico dessa HORDA de FANÁTICOS E ESPERTALHÕES denominados BOZONARISTAS. Seguem a cartilha do político. Mais falsos que nota de R$ 3,00.

Responder

0
0



ENQUETE
Os casos de infecção por Covid voltaram a crescer em Mato Grosso. De quem é a culpa?
Do Poder Público, que "liberou geral" quando a pandemia diminuiu
De parte da população, que desconsiderou a necessidade da vacinação
Da Saúde Pública, que não intensifica campanha de conscientização
Das prefeituras, que decretaram o fim da obrigatoriedade das máscaras
PARCIAL