NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 24 de Maio de 2022
CIDADES
Sexta-feira, 13 de Maio de 2022, 00h:00

ALERTA

Caso de sarampo é registrado em Tangará da Serra

Da Reportagem

Um caso de sarampo foi registrado em Tangará da Serra (239 km ao Noroeste de Cuiabá). Notificado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a doença foi diagnosticada em uma criança, que não teve a idade divulgada. O sarampo é uma infecção grave, causada por um vírus, que pode ser fatal.

“Os sintomas eram leves, mas causa preocupação por que quer dizer que o vírus está circulando. Então, mais importante ainda é a questão da imunização completa de todas as pessoas”, disse Gicelly Zanatta, da SMS.

Segundo ela, a criança estava vacinada com duas doses da vacina tríplice acabou desenvolvendo sarampo. Ela se recupera bem dos sintomas da doença. Na cidade, a procura pela imunização contra o sarampo é baixa, o que aumenta a preocupação das autoridades públicas em saúde.

Para confirmar o quadro, foram coletados materiais para diagnóstico laboratorial e os exames foram enviados para o laboratório em Cuiabá. Anteontem (11), saiu o resultado.

Em Mato Grosso, o último caso foi registrado, em 2020, após 20 anos sem a doença. Na ocasião, a notificação aconteceu na cidade de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte da Capital), em um bebê de 9 meses, que se recuperou.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, extremamente contagiosa, que pode evoluir com complicações e óbito. A vacina é a única maneira de evitar que isso aconteça. Sua transmissão ocorre quando a pessoa doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas.

Os principais sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse; irritação nos olhos; nariz escorrendo ou entupido; mal-estar intenso. Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo.

Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente, em crianças menores de cinco anos de idade.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que se justifica a polêmica entre Governo e Prefeitura em torno de VLT e BRT?
Tudo não passa de interesses político-eleitorais
O VLT já era. Obra deveria ter saído em 2014
O BRT não vai melhorar o sistema de transporte público
Qualquer um dos modais é solução para Cuiabá e VG
PARCIAL