NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 29 de Junho de 2022

CIDADES
Quarta-feira, 11 de Maio de 2022, 14h:34

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO

Caso de raiva em morcego é confirmado no interior de MT

A análise do exame foi feita pelo Laboratório de Apoio à Saúde Animal, do Indea, em Lucas do Rio Verde

Da Reportagem
Reprodução
Conforme a Vigilância, cada situação de contato deve ser avaliada pela equipe da Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde e Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte de Cuiabá) emitiu alerta epidemiológico após a confirmação de um caso de raiva em um morcego na cidade.

A informação também foi emitida para a rede estadual de Saúde e entidades de saúde animal.

A análise do exame foi feita pelo Laboratório de Apoio à Saúde Animal, do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT).

Leia também:

Mato Grosso não atinge a meta de tratamento da malária em 2 anos

Em Lucas do Rio Verde, não havia registros de raiva em morcego, tendo sido diagnosticado apenas um caso positivo de raiva em bovino, em 2019.

De acordo com a Vigilância Sanitária municipal, o morcego foi encontrado em uma residência no Bairro Pioneiro.

Com a confirmação do caso, a administração municipal alerta sobre os cuidados que precisam ser tomados.

Entre eles, é importante que cães e gatos domiciliados estejam vacinados contra a raiva e, se encontrar um morcego, não toque no animal e nem deixe que outras pessoas ou animais se aproximem.

“Isole o morcego em um recipiente para evitar fugas: utilize baldes ou caixas”, orienta.

O município também informou o contado com a Vigilância Sanitária pelos telefones (65)3548-2507 ou (65) 99226-7392 para maiores informações.

“A raiva humana é uma das infecções mais antigas e temidas, é transmitida ao homem quando a saliva do animal infectado entra em contato com a pele lesionada ou mucosa, por meio de mordida, arranhão ou lambedura do animal. Orientamos que, em caso de possível exposição ao vírus da raiva e/ou contato com o animal, deve-se lavar imediatamente o local com água e sabão e procurar uma unidade de saúde para atendimento, se necessário, aplicação de vacina ou soro antirrábico”, informou a supervisora da Vigilância em Saúde, Claudia Engelmann.

Ela explicou ainda que os morcegos são animais com hábitos noturnos.

Entretanto, o que chamou a atenção da secretaria, neste caso registrado no bairro Pioneiro, é que o mamífero foi encontrado durante o dia, tentando morder um animal doméstico.

Outro morcego encontrado morto foi enviado para análise no laboratório.

Conforme a Vigilância, cada situação de contato deve ser avaliada pela equipe da Saúde.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Os casos de infecção por Covid voltaram a crescer em Mato Grosso. De quem é a culpa?
Do Poder Público, que "liberou geral" quando a pandemia diminuiu
De parte da população, que desconsiderou a necessidade da vacinação
Da Saúde Pública, que não intensifica campanha de conscientização
Das prefeituras, que decretaram o fim da obrigatoriedade das máscaras
PARCIAL