NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 16 de Agosto de 2022

CIDADES
Sábado, 06 de Agosto de 2022, 00h:00

MOBILIZAÇÃO NACIONAL

Campanhas contra poliomielite e multivacinação sofrem atraso em MT

No país, as campanhas começam na próxima segunda-feira (8); Na última quinta-feira (4), o Estado recebeu 170 mil doses contra a pólio, mas a Secretaria de Saúde alega que não houve tempo hábil para as equipes distribuírem os frascos aos municípios

JOANICE DE DEUS
Da Reportagem

Prevista para começar na próxima segunda-feira (8) em nível nacional, a campanha de vacinação contra a poliomielite ou paralisia infantil só começará no dia 15 de agosto. O motivo, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Ses-MT), se deve ao atraso do envio das doses por parte do Ministério da Saúde (MS) ao Estado.

Por isso, o órgão estadual decidiu pelo adiamento do início da imunização contra a pólio. A mesma decisão foi tomada em relação a multivacinação para atualização da caderneta de vacinação da criança e do adolescente menor de 15 anos de idade. Neste último caso, o objetivo é colocar a situação vacinal em dia.

No Estado, a estimava é de que sejam vacinadas 227.559 crianças menores de cinco anos de idade contra a paralisia infantil. Para isso, cerca de 170 mil doses da vacina chegaram na última quinta-feira (4), sendo armazenadas na Rede de Frio do Estado.

Porém, segundo a superintendente de Vigilância e Atenção à Saúde, Alessandra Moraes, não houve tempo hábil para as equipes realizarem a distribuição dos fracos aos 141 municípios até a próxima segunda-feira.

“Neste momento, as equipes da Vigilância Estadual trabalham no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento”, disse por meio da assessoria de imprensa. “A distribuição das doses aos municípios deve iniciar em breve”, completa.

Ela informa ainda que a poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e pode provocar ou não paralisia. Nos casos graves, em que acontecem as paralisias musculares, os membros inferiores são os mais atingidos.

MULTIVACINAÇÃO - Em Mato Grosso, também foi adiado para o dia 15 de agosto o início da campanha de “multivacinação para atualização da caderneta de vacinação da criança e do adolescente menor de 15 anos de idade.

Segundo a Ses-MT, as vacinas para esta mobilização chegaram nesta quinta-feira (4) na Rede de Frio do Estado. São aproximadamente 700 mil doses de vacinas que integram o calendário nacional de vacinação.

Um detalhe importante é de que as campanhas contra a poliomielite e multivacinação coincidirão com a continuidade da vacinação contra a covid-19. “A vacina contra o coronavírus poderá ser administrada de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do calendário nacional de vacinação, na população a partir de três anos de idade”, esclareceu.

DIA D - Já o dia "D" de mobilização nacional das duas campanhas está previsto para acontecer no dia 20 de agosto. Mas, conforme orientação do Ministério da Saúde, os municípios têm autonomia para definir as datas de mobilização para a vacinação em conformidade com a realidade local.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Cuiabá flerta, cada vez mais, com o rebaixamento no Brasileirão. De quem é a culpa?
Do treinador
Da torcida
Dos cartolas
Dos jogadores
PARCIAL