NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 22 de Janeiro de 2022
CIDADES
Sexta-feira, 07 de Janeiro de 2022, 00h:00

PANDEMIA

377,8 mil crianças devem ser vacinadas em MT

A inclusão do público infantil com cinco a 11 anos no Plano Nacional de Operacionalização (PNO) de Vacinação contra a Covid-19 foi anunciada pelo Ministério da Saúde (MS) na quarta-feira (5) e não há exigência da prescrição médica

JOANICE DE DEUS
Da Reportagem
377,8 mil crianças devem ser vacinadas em MT

Em Mato Grosso, 377.879 crianças de cinco a 11 anos devem ser vacinadas contra a Covid-19. A quantidade representa 1,85% dentre os 20,4 milhões de brasileirinhos na mesma faixa etária que devem receber as doses contra a doença em todo país. A inclusão desse público infantil no Plano Nacional de Operacionalização (PNO) foi anunciada pelo Ministério da Saúde (MS) na última quarta-feira (5).

Segundo o MS, a imunização da faixa etária de 5 a 11 anos não será obrigatória e a previsão é que a aplicação das doses comece ainda neste mês de janeiro. De acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a decisão está respaldada em estudos clínicos realizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Quero me dirigir aos pais e mães dos brasileiros para dizer que o Ministério da Saúde fornecerá doses para todos aqueles que quiserem vacinar seus filhos”, afirmou o ministro. A aplicação nesse grupo também é defendida por entidades internacionais respeitadas como o FDA (agência reguladora de medicamentos americana) e EMA (Agência Europeia de Medicamentos).

Conforme o MS, a vacinação de crianças será realizada por faixa etária com prioridade para os pequenos que possuem comorbidades ou deficiências permanentes. Também os pais ou responsáveis têm que estar presentes manifestando sua concordância com a vacinação. Em caso de ausência, a vacinação deve ser autorizada por um termo de consentimento assinado por eles, isso está disposto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A orientação da Pasta é que os pais procurem a recomendação prévia de um médico antes, mas não há exigência da prescrição médica para vacinação que será realizada com o imunizante da Pfizer (Comirnaty), autorizado para aplicação no público infantil pela Anvisa, com o intervalo de 8 semanas entre a primeira e a segunda dose.

O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, fez considerações sobre a contaminação e os casos confirmados de Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos e enfatizou que os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Covid-19 na faixa etária representam 0,34% do total registrado no Brasil de março de 2020 a dezembro de 2021.

Para atender essa demanda, o Ministério da Saúde informou que já encomendou mais de 20 milhões de doses pediátricas da Pfizer. A previsão é que essas unidades sejam entregues no primeiro trimestre deste ano. Até o fim de janeiro, a estimativa é que 3,7 milhões de doses cheguem ao país. Já estão previstos três voos com 1,248 milhão de vacinas cada.

O primeiro desembarcará no Brasil em 13 de janeiro, o segundo dia 20 e o terceiro dia 27. As doses serão distribuídas de forma proporcional para os estados e o Distrito Federal, considerando a estimativa de crianças nessa faixa etária por unidade federativa.

As vacinas são parte do contrato assinado pelo Ministério da Saúde com a Pfizer em novembro de 2021. Ao todo, o termo prevê a entrega de 100 milhões de novas doses de vacina em 2022, incluindo todas as faixas etárias que podem ser incorporadas ao PNO. As doses serão entregues às unidades federativas de forma proporcional à população de crianças em cada estado e no Distrito Federal.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê a montagem do elenco do Cuiabá para a Série A?
Dentro do que se esperava
Tem que melhorar muito
Precisa de jogadores experientes
Não se pode fazer milagre
PARCIAL