NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 29 de Junho de 2022

CIDADES
Terça-feira, 17 de Maio de 2022, 08h:02

A PANDEMIA NÃO ACABOU

Média de casos de Covid no Brasil cresce e passa de 18 mil por dia

Média de infecções cresceu 23% em relação a duas semanas atrás; média de mortes chega a 115

Da Folhapress - São Paulo
No Brasil, média de mortes chega a 115, segundo a Saúde Pública

O Brasil voltou a ter uma média móvel de casos de Covid superior a 18 mil por dia, na segunda-feira (16).

É a maior média desde meados do mês passado, quando estava na casa dos 19 mil, momento em que o país vivia uma contínua queda nos casos da doença.

O país registrou, nesta segunda, 89 mortes por Covid e 14.873 casos da doença. Com isso, o país chegou a 665.056 vidas perdidas e a 30.698.711 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

Leia também:

MT tem duas mortes e e 184 novos casos de Covid-19 em 24 horas

A média móvel de casos agora é de 18.329 por dia, crescimento de 23% em relação ao dado de duas semanas atrás. 

A média de mortes permanece acima de 100 e agora é de 115.

A situação da média de óbitos, apesar do crescimento em relação aos últimos dias, é de estabilidade, o que significa que a variação em relação aos dados de duas semanas atrás não é superior a 15%.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus.

As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Os casos de infecção por Covid voltaram a crescer em Mato Grosso. De quem é a culpa?
Do Poder Público, que "liberou geral" quando a pandemia diminuiu
De parte da população, que desconsiderou a necessidade da vacinação
Da Saúde Pública, que não intensifica campanha de conscientização
Das prefeituras, que decretaram o fim da obrigatoriedade das máscaras
PARCIAL