NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 16 de Maio de 2022
BRASIL
Terça-feira, 25 de Janeiro de 2022, 16h:35

POLÍTICA

Bolsonaro decreta luto oficial por morte de Olavo de Carvalho

Eduardo Gayer
Estadão Conteúdo
Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decretou luto oficial de um dia pela morte de Olavo de Carvalho, considerado o guru do bolsonarismo. O decreto consta em edição extra do Diário Oficial da União publicada nesta terça, 25.

Até hoje, Bolsonaro tinha decretado apenas um luto oficial, em referência à morte do ex-vice-presidente da República Marco Maciel, ocorrida em 12 de junho de 2021, por um período de três dias. Outras mortes recentes, como de Elza Soares, considerada a cantora do milênio, não foram declaradas como luto oficial.

Bolsonaro já havia manifestado seu pesar durante a madrugada pela morte de Olavo de Carvalho, ocorrida na noite desta segunda, 24. Além disso, o governo federal emitiu nota em que chamou o escritor de "intransigente defensor da liberdade".

O guru do bolsonarismo morreu na noite de ontem aos 74 anos. Ele estava internado em um hospital nos Estados Unidos e não teve a causa da morte divulgada. No dia 15 de janeiro, a equipe do escritor - crítico das vacinas contra o novo coronavírus - anunciou um diagnóstico de covid-19.

 

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que se justifica a polêmica entre Governo e Prefeitura em torno de VLT e BRT?
Tudo não passa de interesses político-eleitorais
O VLT já era. Obra deveria ter saído em 2014
O BRT não vai melhorar o sistema de transporte público
Qualquer um dos modais é solução para Cuiabá e VG
PARCIAL