NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 22 de Janeiro de 2022
ARTIGO
Domingo, 09 de Janeiro de 2022, 05h:20

GABRIEL NOVIS NEVES

Cidade vazia

Neste período de festas natalinas e do Ano Novo, muitas pessoas deixam nossa cidade para se encontrarem com familiares em outros cantos do Brasil.  Outras tiram férias ou aproveitam o feriadão para descansar em cidades turísticas.  A cidade fica vazia por essas ocasiões, alterando o psicológico dos seus tradicionais moradores, que por um ou outro motivo não podem viajar.  

O indesejável barulho das ruas, com carros passando sem parar nos dias normais de trabalho, é substituído pelo silêncio.  Nos finais de semana do período de “férias”, este silêncio nos envolve numa nuvem de nostalgia.

Neste domingo, quando escrevo, quero ouvir a voz da cidade cheia.  As ruas estão semi-desertas, com um ou outro carro passando, deixando a saudade do seu barulho.

O homem é um eterno insatisfeito! Reclama de tudo, até do conforto que o silêncio de uma cidade vazia lhe causa!

Sinto muito a falta dos meus filhos e família, que foram para tão distante procurar novas energias nas cidades com águas salgadas.

Os pássaros pouco cantam à tarde, quando o silêncio da cidade vazia é avassalador no bairro onde moro.  Nem os “botecos” no fundo do meu prédio, me enviam aquele som tão característico da boemia!  Apenas um ou outro som de humanos, que no almoço abusaram da bebida, são aqui ouvidos.

Meu celular toca e leio que a chamada é de um número que não conheço, de uma cidade bem distante.  Não o atendo, mas espero que toque até o fim, para ter um ruído onde estou trabalhando, ouvindo apenas as teclas do meu computador digitando este texto.

Cidade vazia é, para mim, também sinal de alegria, das “festas e festas” que estamos vivendo, lembrando que mesmo neste período há muita gente trabalhando.

Neste imenso vazio que a cidade vazia impõe em nós, tenho sempre uma enfermeira ao meu lado, para me ajudar a continuar a viver por muitos anos.

 

*Gabirel Novis Neves é médico e ex-reitor da UFMT


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê a montagem do elenco do Cuiabá para a Série A?
Dentro do que se esperava
Tem que melhorar muito
Precisa de jogadores experientes
Não se pode fazer milagre
PARCIAL