NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 10 de Agosto de 2022

AGRONEGÓCIOS
Quinta-feira, 07 de Julho de 2022, 14h:11

DADOS DO IBGE

Safra 2022 alcançará recorde de 261,4 milhões de toneladas

O resultado é 1,5 milhão de toneladas menor que o previsto no levantamento anterior, de maio, uma queda de 0,6%

DANIELA AMORIM
Estadão Conteúdo
Reprodução
O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos da safra que, somados, representam 91,7% da estimativa da produção

A safra agrícola de 2022 deve totalizar um recorde de 261,4 milhões de toneladas, 8,2 milhões de toneladas a mais que o desempenho de 2021, um aumento de 3,2%.

Os dados são do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de junho, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (7).

O resultado é 1,5 milhão de toneladas menor que o previsto no levantamento anterior, de maio, uma queda de 0,6%.

Leia também:

Exportações de Mato Grosso atingem novo recorde: US$ 13,94 bilhões

Os produtores brasileiros devem colher 72,5 milhões de hectares semeados na safra agrícola de 2022, uma elevação de 5,8% em relação à área colhida em 2021.

O resultado significa 4 milhões de hectares a mais. Em relação à estimativa de maio, a área a ser colhida cresceu 0,3%, 209,3 mil hectares a mais.

O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos da safra que, somados, representam 91,7% da estimativa da produção e 87,5% da área a ser colhida.

Em comparação com 2021, houve acréscimos de 9,3% na área a ser colhida de milho (alta de 7,5% na primeira safra do grão e de 9,9% na segunda safra), de 18% na área do algodão herbáceo, de 4,4% na da soja e 1,6% na do trigo.

Na direção oposta, houve recuo na expectativa de área colhida de arroz (2,2%).

O Brasil deve colher menos soja este ano, mas a colheita de milho continua com previsão de alcançar novo recorde, segundo os dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de junho.

A produção de soja deve somar 118,0 milhões de toneladas, uma redução de 12,6% em relação ao produzido no ano passado.

Já a produção nacional de milho foi estimada em 111,2 milhões de toneladas, com crescimento de 26,7% ante 2021.

A lavoura de milho 1ª safra deve somar 25,8 milhões de toneladas, um aumento de 0,5% em comparação com 2021.

O milho 2ª safra deve totalizar 85,4 milhões de toneladas, aumento de 37,4% ante 2021.

A estimativa de produção do arroz é de 10,7 milhões de toneladas para 2022, queda de 8,1% em relação ao produzido no ano passado.

O algodão herbáceo deve alcançar uma produção de 6,7 milhões de toneladas, um avanço de 15,0% ante 2021. 


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Maxwell Teixeira  08-07-2022 14:19:10
Se o governo de Mato Grosso não utilizar de maneira eficaz os recursos oriundos de tributos do agronegócio, somente os empresários deste segmento serão os grandes beneficiados por safras recordes, resultando numa desigualdade regional no estado.

Responder

0
0



ENQUETE
Cuiabá flerta, cada vez mais, com o rebaixamento no Brasileirão. De quem é a culpa?
Do treinador
Da torcida
Dos cartolas
Dos jogadores
PARCIAL