NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 06 de Agosto de 2020
Primeira Página
Terça-feira, 13 de Março de 2018, 08h:41

CPI DO PALETÓ

Emanuel Pinheiro ainda não definiu presença

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) ainda não decidiu se prestará depoimento junto a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instaurada na Câmara de Cuiabá para apurar suposta obstrução de justiça por parte do peemedebista. A tendência é que ele siga a orientação de seus advogados e responda aos questionamentos dos parlamentares por escrito. “É um assunto que venho tratando com os meus advogados e eu não decidi isso ainda. Eu estou focado no processo no STF, porque é lá que eu vou provar que nada tenho a ver com isso”, disse. Nesta quarta-feira (07), a Comissão colhe o depoimento do servidor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Valdecir Cardoso. Ele foi o responsável por instalar as câmeras que flagraram o atual chefe do Executivo Estadual recebendo maços de dinheiro das mãos de Silvio Cesar Correa, ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa. O dinheiro seria propina para que ele apoiasse os projetos do Executivo na época em que era deputado estadual. A gravação veio à tona por meio da delação premiada do ex-chefe do Executivo Estadual e de seu ex-chefe de gabinete Valdecir será o último depoente já convocado pela comissão. Já foram ouvidos o ex-governador Silval Barbosa, seu ex-chefe de gabinete, Silvio César Corrêa, e o ex-secretário de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Alan Zanatta. Nesta sexta-feira (09), os membros da Comissão voltam a se reunir para deliberarem sobre os requerimentos que se encontram pendentes, tais como a convocação de novas testemunhas, como a do ex-deputado estadual José Riva. Ao todo, a CPI tem 120 dias para conclusão. Diante disso, o prazo para o encerramento dos trabalhos é 28 de abril. A tendência, entretanto, é que o prazo seja prorrogado pela Comissão. Assim que elaborado um relatório final, o documento deverá ser colocado para aprovação do plenário da Câmara de Vereadores. (KA)

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL