NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2020
POLÍTICA
Sábado, 21 de Novembro de 2020, 10h:20

NEM UM NEM OUTRO

PDT rejeita Abílio e Emanuel e libera filiados no 2º turno

Ex-candidato a vice-prefeito de Gisela Simona, maestro Fabrício Carvalho diz ser contra o voto nulo

KAMILA ARRUDA
Da Reportagem
Divulgação
O maestro Fabrício Carvalho, que orienta os eleitores do PDT a não anularem o voto

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) optou por não seguir o posicionamento da ex-superintendente do Procon/MT, Gisela Simona (Pros), e liberou os seus filiados, no segundo turno das eleições em Cuiabá. 

A agremiação integrou o arco de alianças de Gisela no primeiro turno.

Inclusive, fazia parte da chapa com o maestro Fabrício Carvalho (PDT), como candidato a vice-prefeito. 

O pedetista explicou que a liberação se deu por motivos de ideias, uma vez que nem o vereador Abílio Junior (Podemos) nem o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) representam os princípios programáticos da legenda.

“Mesmo que a posição seja de não apoiar nenhuma das duas candidaturas, nossa orientação é que exerçam o direito à democracia, exerçam o direito do voto. Não anulem e não percam a oportunidade de contribuir com a cidade”, afirmou. 

Diante disso, Fabrício Carvalho sugeriu que os eleitores façam uma avaliação de cada candidato, antes de votar.

“Dessa forma, o PDT se posiciona por não apoiar nenhuma candidatura e liberar os filiados para que exerçam criticamente o direito do voto”, completou o maestro. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL