NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 25 de Setembro de 2020
POLÍTICA
Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020, 17h:28

LEGISLATIVO

Pandemia do vírus faz Assembleia prorrogar o "recesso" até o dia 8

O Legislativo de Mato Grosso já registrou, ao menos, 47 casos da doença. Desse total, nove são deputados

KAMILA ARRUDA
Da Reportagem
Secom-ALMT
Pandemia do vírus faz Assembleia prorrogar o "recesso" até o próximo dia 8

As atividades administrativas da Assembleia Legislativa continuam suspensas até o próximo sábado (8).

A prorrogação do “recesso” foi decretada pelo presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (DEM), mas não atinge as sessões ordinárias, que continuam sendo realizadas as quartas-feiras.

O democrata manteve as atividades estritamente essenciais para o funcionamento do Parlamento.

A nova determinação foi estabelecida por meio da Resolução Administrativa nº 42/2020, em decorrência do período de enfrentamento do novo Coronavírus – Covid-19.

Conforme a normativa, o expediente do Parlamento Estadual será de 8 às 14 horas, com exceção nas as quartas-feiras, quando o expediente é das 8 às 12 horas, e das 13 horas até as 17 horas, tendo em vista a realização das sessões.

As regras para utilização do plenário continuam as mesmas. Ou seja, em dias de sessão, apenas será permitido o acesso ao presidente, que será auxiliado pelo 1º e 2º secretários ou por parlamentares designados para tal incumbência e até mais um parlamentar a ser convocado.

Já com relação aos servidores, a resolução estabelece que, aqueles que não exercem atividade essência deverá continuar desempenhando a sua função home office, devendo permanecer durante o horário de expediente acessíveis e disponíveis. Nos gabinetes, entretanto, apenas dois servidores poderão ter acesso.

As medidas são reflexo da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que assola o Estado acerca de quatro meses.

Neste período, o Legislativo de Mato Grosso já registrou, ao menos, 47 casos da doença. Desse total, nove são deputados.

Trata-se de Paulo Araújo (PP), Ondanir Bortolini – Nininho (PSD), Eduardo Botelho (DEM), Faissal Calil (PV), Allan Kardec (PDT), Max Russi (PSB), Wilson Santos (PSDB), Valmir Moretto (PRB) e Thiago Silva (MDB).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL