NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020
POLÍTICA
Quinta-feira, 15 de Outubro de 2020, 12h:37

DISPUTA EM VÁRZEA GRANDE

Deputado federal reage a ataques e mira a família Campos

Filho do prefeito da Capital diz que continua com a candidatura e decide atacar caciques do DEM em VG

KAMILA ARRUDA
Da Reportagem
Divulgação
O deputado Emanuel Neto, que, agora, mira a família Campos em VG

Alvo de ataques desde que a campanha eleitoral começou, o deputado federal Emanuelzinho Pinheiro (PTB), candidato a prefeito de Várzea Grande, endureceu o discurso e afirmou que não irá "abaixar a cabeça" para os seus adversários. 

Durante lançamento de sua campanha, na noite desta quarta-feira (14), na periferia da cidade, o petebista disse que não irá rebater os ataques pessoais que vem recebendo. 

“Quando for ataques pessoais, eu nem vou dar bola. Vou deixar passar, minha conversa é com a população. Quando for ataques com relação a trabalho, eu vou mostrar o que já fiz por Várzea Grande em um ano e meio, em comparação com os outros candidatos que tiveram oportunidade a vida toda e não fizeram”, disse o parlamentar, fazendo referência à família Campos.  

Para ele, as acusações que os demais postulantes a prefeito vêm fazendo contra a sua candidatura se deve à “preocupação” e, por isso, não o atinge. 

“Estou recebendo ataques de todos os lados, e sabe o quanto isso me desmotiva? 0%. Sabe quanto isso me motiva? 200%. Isso significa que estão preocupados porque sabem que o nosso compromisso é tirar Várzea Grande da mesmice”, completou o deputado.

Ele fez referência ao senador Jayme Campos (DEM), à prefeita Lucimar Campos (DEM) e ao ex-governador Júlio Campos (DEM). 

Emanuelzinho ainda revelou que recebeu diversas propostas para que recuasse de sua candidatura ao Paço Municipal Couto Magalhães. 

”Não abro mão de Várzea Grande por nada. E olha que tentaram de tudo, durante as convenções, para que desistíssemos da nossa candidatura, com propostas que nem vou nominar. Tentaram de tudo pra que Emanuelzinho e Wiltinho retirassem a candidatura, mas eu não poderia deixar Várzea Grande na mão, num momento de transformação, num momento em que Várzea Grande busca um novo tempo”, afirmou.

O petebista conseguiu reunir centenas de pessoas no lançamento de sua candidatura realizada, no bairro Jardim Paulo I.

Ele, inclusive, uniu no mesmo palanque dois adversários na corrida suplementar ao Senado Federal: o senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o deputado estadual Valdir Barranco (PT).

Ambos apoiam a candidatura do parlamentar em Várzea Grande. 

Também estavam presentes a primeira-dama da Capital e mãe do candidato, Márcia Pinheiro, a deputada federal Rosa Neide (PT) e o presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (PTB).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL