NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 30 de Maio de 2020
POLÍTICA
Quarta-feira, 25 de Março de 2020, 05h:06

PANDEMIA

Coronavírus atinge orçamento dos Poderes

KAMILA ARRUDA
Da Reportagem

O Novo Coronavírus (Covid-19) está refletindo no orçamento dos Poderes do Estado. A fim de auxiliar o Governo do Estado nas ações de combate a esta pandemia, a Assembleia Legislativa irá reduzir a verba indenizatória dos deputados estaduais durante o período em que se perdurar a “quarentena”, decretada pelo Executivo Estadual.

Na prática, cada parlamentar poderá renunciar o valor que achar conveniente. “Não estabelecemos um valor na redução. Mas cada deputado deverá fazer a sua economia. Neste mês acredito que não haverá economia. Mas em abril, terá uma grande economia”, explicou o presidente do Parlamento Estadual, deputado Eduardo Botelho (DEM).

Além disso, o Legislativo ainda pretende reduzir outras despesas da Casa. Todo recurso economizado deverá ser revertido ao Executivo Estadual para investimento em ações ao combate desta pandemia.

“Ficou decidido que vamos ajudar o governo a combater o coronavírus. Em reunião feita em caráter emergencial, ficou decidido que haverá economias na Casa para que esse dinheiro seja destinado ao combate do vírus. Será economizada verba indenizatória, gasolina, passagens, diárias, tudo isso será economizado para o que seja revertido em combate ao coronavírus”, explicou a deputada estadual Janaína Riva (MDB), primeira-secretária do Parlamento Estadual.

Cada um dos 24 parlamentares recebe a quantia de R$ 65 mil por mês a título de verba indenizatória, mediante apresentação de relatório de gastos. Além disso, cada um tem a sua disposição uma caminhonete Amarok e R$ 15 mil de combustível por mês.

“A prioridade nesse momento é auxiliar o Poder Executivo. Uma das cobranças é que o interior possa sentir através de novos leitos de UTIs e equipamentos necessários para combater o coronavírus”, completou Janaína.

Paralelo a isso, a Assembleia ainda criou uma Comissão Especial que deverá auxiliar o Governo do Estado neste período de crise. O grupo será presidido pelo deputado estadual Carlos Avalone (PSDB).

Até esta sexta-feira, dia 27, a Comissão deverá entregar a presidência do Parlamento Estadual um levantamento a cerca do impacto causado pelo vírus nos mais diversos setores de Mato Grosso, especialmente na economia, tendo em vista que grande parte da indústria e do comercio fecharam as portas.

A Comissão contará com o apoio da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) e Federação do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio).

“Formamos uma comissão de acompanhamento social, presidida pelo deputado Carlos Avallone, que terá elementos indicados pela Fiemt, Fecomércio e outros setores a serem definidos. Essa comissão vai fazer análise de tudo que está acontecendo, a situação de pessoas desempregadas, sem salários, sugestões de bolsa, sacolão e outros itens que serão encaminhados ao governo”, destacou Betelho.

SESSÕES PLENÁRIAS – Apesar das medidas de contenção de despesas, a Assembleia Legislativa não irá interromper as suas atividades parlamentares. O Legislativo optou por concentrar todas as cinco sessões semanais as quartas-feiras.

“As sessões vão continuar. Temos projetos urgentes que têm que ser votados”, garantiu o presidente do Legislativo, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM).

O mesmo ocorrerá com a Câmara de Cuiabá, que irá concentrar as suas sessões ordinárias em apenas um dia na semana. Contudo, o encontro será virtual. O Parlamento Municipal passará realizará as plenárias por vídeo conferência, via plataforma digital.

As sessões serão apenas deliberativas e terão apenas a fase da ordem do dia, destinada a apreciação urgente de matérias que não possa aguardar a realização das sessões presenciais previstas no Regimento Interno.

A primeira sessão virtual já ocorre às 9 horas nesta quinta-feira, dia 26. Na oportunidade, será apreciado o projeto de resolução que institui este tipo de sessão durante o período de estado de emergência em razão do Coronavírus.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.





ENQUETE
Como você vê a decisão da Prefeitura de Cuiabá de prorrogar o isolamento social?
A medida do prefeito é acertada
Poderia ser mais flexível em alguns setores
Só precisa a população se conscientizar mais
Tanto faz
PARCIAL