NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020
POLÍTICA
Sexta-feira, 16 de Outubro de 2020, 17h:20

DISPUTA EM VÁRZEA GRANDE

Candidato do MDB gasta mais do que arrecada na campanha

Kalil Baracat acumula despesa de R$ 1.402.909,00, o que representa R$ 400 mil a mais do que ele recebeu

KAMILA ARRUDA
Da Reportagem
Divulgação
O candidato do MDB a prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat: gastos maiores do que a arrecadação para a campanha

Os gastos de campanha do ex-vereador Kalil Baracat (MDB), candidato a prefeito de Várzea Grande, já são superiores à sua arrecadação.

O emedebista já acumula uma despesa de R$ 1.402.909,00, o que representa aproximadamente R$ 400 mil a mais do que já foi arrecadado. 

As maiores despesa do candidato ao Paço Municipal Couto Magalhães são com produção de programa eleitoral.

O emedebista desembolsou a quantia de R$ 700 mil para a KGM Assessoria.

Além disso, também gastou R$ 90 mil com organização de eventos e R$ 80 mil com assessoria jurídica. 

Conforme o sistema de registro de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Kalil já arrecadou R$ 1.081.216,66 para investir em sua campanha eleitoral.  

A maior doador de sua campanha, até o momento, entretanto, é o Movimento Brasileiro Democrático (MDB).

A Executiva Estadual da sigla repassou R$ 500 mil para Kalil usar em sua campanha. 

Também foram registradas doaçções de R$ 330 mil da Executiva Regional do Democratas (DEM) e R$ 245,7 foram doados pelo próprio candidato. 

Nenhum dos outros três candidatos a prefeito de Várzea Grande apresenta receita e despesa tão altas quanto do emedebista.

O empresário Flávio Frical (PSB), por exemplo, arrecadou menos da metade do que já foi arrecadado por Kalil. 

No total, o socialista já recebeu R$ 410 mil em doações.

Deste montante, R$ 300 mil foram repassados por Rafael Lins Rios e R$ 60 mil da Executiva Estadual do PSB. 

No que tange a gastos, o empresário declarou R$ 48,90, apenas com taxas e encargos. 

Já o deputado federal Emanuelzinho Pinheiro (PTB) declarou apenas uma doação de R$ 100 mil da Executiva Estadual de seu partido. 

Miltão, candidato pelo PSol, ainda não prestou contas à Justiça Eleitoral. 

Em Várzea Grande, cada candidato a prefeito poderá gastar em campanha o teto de R$ 2.839.285,34. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL