NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 31 de Outubro de 2020
POLÍTICA
Quinta-feira, 15 de Outubro de 2020, 13h:12

CAMPANHA & ACIDENTE

Avião com candidata de Bolsonaro cai no interior de Mato Grosso

A aeronave (um bimotor) teve uma pane no motor, logo após a decolagem, e perdeu sustentação, em Primavera

Da Redação
Reprodução
O avião que leva a Coronel Fernanda e comitiva perdeu sustentação e caiu, ao levantar voo, em Primavera do Leste

O avião onde estava a coronel PM Fernanda dos Santos (Patriota), candidata a senadora, caiu no Município de Primavera do Leste (a 240 km de Cuiabá), na manhã desta quinta-feira (15).

A aeronave sofreu uma pane e o piloto teve que fazer um pouso forçado.

Não há registro de feridos.

Além do piloto, havia cinco pessoas no avião.

A comitiva saía de Primavera do Leste com destino a Barra do Garças (509 km a Leste da Capital), para cumprimento de agenda político-eleitoral.

A assessoria de imprensa da Coronel Fernanda informou que o avião (um bimotor) teve uma pane no motor, logo após a decolagem, e perdeu sustentação. 

Nas redes sociais, a coronel, que faz campanha como "candidata de Bolsonaro", postou um vídeo, tranquilizando eleitores e familiares.

"Eu estou bem, um pouco nervosa ainda, porque é algo que não estávamos esperando. Nunca fui de viajar muito de avião, mas Deus está comigo”, disse a candidata. 

"Desde o dia que recebi o desafio do presidente Bolsonaro, fui testada, estou sendo testada moralmente e agora desse jeito. Foi um perigo, mas sobrevivi. Estou continuando e vou continuar e cumprir a missão", acrescentou. 

O vídeo foi gravado ao lado do marido, o tenente-coronel da Polícia Militar Wanderson Nunes, que também estava no voo.

EM DIA - Na tarde desta quinta-feira, a assessoria de imprensa da candidata informou que o avião é um modelo Sêneca, prefixo PT-WIP.

Além do piloto e da coronel Fernanda, estavam na areonave o marido dela, o tenente-coronel PM Wanderson Siqueira, e mais três assessores, Noercy de Aquino, Luiz Henrique Menezes e Demetrinho de Arruda.

O avião pertence à empresa Aéreo Center Brasil Táxi Aéreo.

De acordo com a empresa que fez a locação, a aeronave está com a documentação em dia e a última revisão mecânica foi feita no mês passado.

O comandante Luís Fernando Freitas Cortês é considerado experiente e tem mais de 1.300 horas de voo.

As informações da empresa são de que o avião, assim que decolou de Primavera do Leste, perdeu potência no motor direito.

Com a perda de altitude, não foi possível fazer o motor funcionar novamente.

Por conta dessa situação, o piloto foi obrigado a fazer um pouso forçado, de barriga, para garantir a segurança de todos os passageiros e tripulação, em uma plantação, próxima do aeroporto da cidade.

O processo de investigação já foi aberto pela empresa, que já comunicou o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Fotos e vídeos do acidente foram encaminhados para o Cenipa, que liberou a aeronave para ser encaminhada para o hangar da empresa.

O acidente foi classificado como leve, onde só houve danos materiais.

Veja vídeo postado pela coronel Fernanda no Facebook:


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL