NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 10 de Julho de 2020
POLÍCIA
Quinta-feira, 25 de Junho de 2020, 15h:42

VIOLÊNCIA EXTREMA

Pistoleiro executa empresário, fere três pessoas e é morto

A sequência de tiros assustou a população da área central da cidade de Peixoto de Azevedo

TÉO GOMES
Da Reportagem
Divulgação
Segundo a PM, o pistoleiro foi morto por um servidor público

Um pistoleiro ainda não identificado executou um empresário do ramo de supermercado com vários tiros. Baleou outras três pessoas, deixando uma delas em estado grave com um tiro na cabeça.

O pistoleiro também foi baleado e morto. O comparsa segue hospitalizado em estado grave, após levar tiros.

As cenas de violência e muito sangue foram filmadas.

A sequência de tiros que assustou a população da área central da cidade de Peixoto de Azevedo (691 km ao Norte de Cuiabá), aconteceu por volta de 19h de quarta-feira (24).

Um homem chegou em frente ao Supermercado Peixoto, localizado na Avenida Rotary Internacional, em uma moto Titan prata, placa NJK-9923, e desceu.

Atravessou à rua e executou o dono do mercado, de 43 anos, e ainda baleou dois funcionários dele e um homem que só não morreu porque teria fingido que já estava morto.

Ao DIÁRIO, por telefone, o major Galdino Vieira, da Polícia Militar de Peixoto de Azevedo, disse o pistoleiro usou uma pistola modelo Taurus de numeração raspada, ainda sem definição de calibre, encontrada ao lado do corpo dele, com oito munições intactas no tambor.

SEM DEFESA - O pistoleiro, segundo a Polícia ouviu de testemunhas, não deu um mínimo de defesa, agindo como matador de aluguel, começou a disparar, atingindo, não só o empresário, como outras três pessoas, uma delas ainda corre risco de morte.

Três pessoas que não tiveram seus nomes divulgados, e baleadas na ação criminosa, foram socorridas e levadas para o Hospital Municipal.

Uma delas, com um tiro na perna, passou por cirurgia. Outra, que estava ferida no braço, recebeu atendimento médico e foi liberada. Outra vítima foi baleada na cabeça, chegou a passar por cirurgia, e segue internada.

Um servidor público que sempre vai ao supermercado fazer compras passava pelo local no momento dos tiros. Desceu de sua camionete, foi até a moto onde o pistoleiro se preparava para a fuga e matou o pistoleiro.

Em uma mensagem pela redes sociais, o servidor público conta como matou o pistoleiro: “Parei o carro, esperei eles passarem e atirei [...], tomei a pistola de um deles e vi que tinha outro baleado. Deixei o local para me resguardar. Estou à disposição da Justiça”, disse.

A Polícia Civil foi acionada para liberar os corpos e confirmou a execução, mas ainda desconhece os motivos da violência.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL