NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 27 de Maio de 2020
POLÍCIA
Domingo, 29 de Março de 2020, 17h:19

ACERTO DE CONTAS

Homem é assassinado por suposta dívida com traficante

Ériko Esteves, 28, foi executado com três tiros, na noite de sábado (28), no bairro Parque Atalaia

PMMT
A ocorrência foi registrada pela PM, no bairro Vila Artur

O homem identificado como Ériko Afonso Esteves, de 28 anos, foi executado com três tiros, na noite de sábado (28), no bairro Parque Atalaia, em Cuiabá.

Ele tinha passagens pela Polícia por crimes de roubo e furto. E estaria marcado para morrer porr conta de uma dívida com um traficante, do qual ele teria comprado drogas.

Éiko foi morto por três homens, possivelmente “soldados” do tráfico a mando de um traficante, que já teria sido identificado pela Polícia.

Usando máscaras feitas com suas próprias camisetas, os três bandidos surpreenderam Ériko no momento em que ele voltava para a casa dele, na região do Coxipó, com a esposa, por volta de 1h.

Foram disparados seis tiros contra ele, que ainda correu para os fundos da casae, mas foi perseguido e executado com muita frieza.  

A esposa contou que o marido era ameaçado de morte por conta de uma dívida com um traficante.

Os peritos da Perícia Oficial do Estado (Politec) avaliaram, preliminarmente, que a vítima foi atingida com três tiros, sendo um no tórax, um no braço esquerdo e outro no quadril.  

O corpo de Érico foi liberado do local do crime para o Instituto Médico Legal (IML) por policiais da Delegacia de Homicídio e Proteção á Pessoa (DHPP), que também vão investigar o caso.

Um traficante da região do Parque Atalaia é investigado como suposto mandante do crime.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.





ENQUETE
Como você vê a decisão da Prefeitura de Cuiabá de prorrogar o isolamento social?
A medida do prefeito é acertada
Poderia ser mais flexível em alguns setores
Só precisa a população se conscientizar mais
Tanto faz
PARCIAL