NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020
POLÍCIA
Segunda-feira, 27 de Julho de 2020, 13h:43

GUERRA AO PÓ

Gefron apreende 58 quilos e 400 gramas de cocaína

Policiais do Gefron apreenderam  drogas avaliadas em R$ 1 milhão no sábado

TEO GOMES
Da Reportagem
Droga apreendida pelo Gefron

A "guerra" travada entre as Forças de Segurança de Mato Grosso e bandidos, principalmente traficantes de drogas não para. Mais de quatro toneladas de drogas já foram retiradas de circulação este ano. Só os policiais do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) já apreenderam mais de duas toneladas de drogas este ano.

A última grande apreensão aconteceu neste sábado (25). Policiais do Gefron apreenderam  58 quilos e 400 gramas de cocaína , deixando um rastro de prejuízo de mais de R$ 1 milhão aos traficantes donos da droga.

A droga estava escondida no fundo falso de uma camionete na zona rural da cidade de Porto Esperidião (326 km a Oeste de Cuiabá), também conhecida como a "rota do pó.

A camionete S-10, segundo policiais do Gefron, trafegava pela MT-265, quando foi abordada. Os 56 tabletes estavam escondidos na parte de baixo do veículo, em um fundo falso.

 O motorista da camionete, também conhecido como "mula" - pessoa paga para transportar droga -, confessou que estava levando o carregamento para a cidade de Mirassol D'Oeste (300 km a Sul de Cuiabá).

O "mula" se recusou a informar para quem entregaria a droga, mas também confessou que estava recebendo R$ 6 mil pelo "serviço" de entrega de carga.

O acusado que não teve seu nome revelado foi transferido para a sede d Delegacia de Fronteira, na cidade de Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá) onde foi autuado em flagrante em crime de tráfico de droga.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O Brasil já ultrapassou as 100 mil mortes pela Covid-19. Para você, quem tem culpa?
O presidente Jair Bolsonaro
Os governadores
Os prefeitos
Ninguém. A doença é incontrolável
PARCIAL