NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 05 de Dezembro de 2020
POLÍCIA
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020, 12h:35

TIROS NA MADRUGADA

Ex-modelo é acusado de tentar matar duas pessoas em boate

Michael Bruno da Silva Batista, 29, é acusado de atirar contra um policial militar e a esposa, em frente a boate

TÉO GOMES
Da Reportagem
PMMT
O caso foi registrado em ocorrência pela Polícia Militar, em Cáceres

O ex-Mister Cuiabá Tur, Michael Bruno da Silva Batista, de 29 anos, é acusado de atirar contra um policial militar e contra a própria esposa, uma mulher de 29 anos, na madrugada desta segunda-feira (26).

A dupla tentativa de assassinto, segundo a Polícia Militar, aconteceu no estacionamento da Boate Nuun, na Rua 24 de Outubro, no Centro de Cuiabá.

Entre os feridos, segundo o Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Militar, está um policial militar e a esposa do atirador.

Após se detido e colocado dentro de uma viatura da PM, Batista xingou e desacatou os policiais.

Com o celular, ele gravou um vídeo dizendo: "Eu estou sendo preso por policiais filhos da p..., que estão deixando eu morrer dentro da viatura".

Segundo a versão oficial da Polícia Militar, a confusão começou nas primeiras horas da madrugada, quando os envolvidos deixavam a casa noturna

Os policiais contam que, ao chegarem no local, encontraram o principal acusado já detido por uma testemunha, um  bombeiro militar, que também estava na boate.

Tudo teria começado quando um manobrista foi entregar o carro do bombeiro, que seria do mesmo modelo do carro do ex-modelo.

Ali começou uma uma confusão, que virou empurra-empurra e agressões físicas, momento que o bombeiro militar sacou uma arma e atirou para cima, com o objetivo de intimidar.

Quando uma  testemunha correu para chamar um amigo do policial, a briga ganhou proporções, aumentando ao ponto de ser necessária a intervenção da Polícia Militar.

O policial bombeiro caiu no chão e, ao tentar sacar a arma, o agressor a tomou. Atirou e atingiu, tanto o bombeiro, quando a própria mulher dele.

O bombeiro foi  socorrido e levado ao Hospital Santa Rosa, e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levou a mulher para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

O acusado foi algemado e transferido para a Central de Flagrantes de Cuiabá, onde foi  autuado em crimes de resistência à prisão, desacato a autoridade e dupla tentativa de homicídio.

Na Central de Flagrantes, segundo a Polícia, o ex-mister Cuiabá gritava que os policiais eram corruptos e que teriam pegado sua corrente e pulseira de ouro.

A reportagem do DIÁRIO tentou contato com o acusado, mas não conseguiu. Também não conseguiu saber quem é o advogado de defesa dele.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL