NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 15 de Julho de 2020
POLÍCIA
Sábado, 30 de Maio de 2020, 15h:19

CONFRONTO NA NOITE

Após morte de traficante, bandidos dão tiros de fuzil em Cuiabá

Bandido, que tinha laboratório em casa, foi morto em confronto com a Rotam, o bairro Santa Isabel

TÉO GOMES
Da Reportagem
PMMT
A ocorrência foi registrada pela Rotam, no bairro Santa Isabel, em Cuiabá

Um traficante com muitas passagens pela Polícia, identificado apenas pelo apelido de "Vitinho" e que mantinha um laboratório para refino de cocaína em casa dele, foi morto policiais da Rota, na madrugada deste sábado (3), no bairro Santa Isabel, em Cuiabá.

A morte gerou revolta de populares, que atiraram pedras contra as guarnições da Polícia. Houve até tiros de fuzis com efeitos especiais, disparados de diferentes locais do bairro, na tentativa de intimidar os policiais militares.

Tudo começou quando uma equipe de policiais da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) recebeu uma denúncia anônima de que a casa do traficante Vitinho estava sendo usada como "boca" de drogas e venda de armas.

Ao se aproximarem da casa, os policiais viram uma pessoa correndo e pulando muro, sendo acompanhdo pelos policiais.

A pessoa entrou em uma casa em construção e de lá apontou uma arma contra os militares, que reagiram.

Na reação, a pessoa morreu na hora.

Policiais da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Oficial do Estado (Politec) foram acionados para fazer a liberação do corpo e a perícia preliminar, mas, durante os trabalhos, dezenas de pessoas se juntaram ao redor da fita usada para isolamento do corpo e começou uma confusão.

As pessoas passaram a xingar os policiais com palavras ofensivas e ainda passaram a jogar pedras contra os policiais militares e ivis que estavam fazendo a liberação do corpo e a perícia no local do crime.

Para conter a fúria dessas pessoas e evitar mais confusão e até mais mortes, os policiais tiveram que usar balas de munição anti-motim para dispersar a multidão.

Na casa de Vitinho, segundo a Polícia, um conhecido traficante da região, com muitas passagens pela Polícia, os policiais apreenderam materias usados para o refino de drogas e constataram que ele usava a casa como laboratório.

A situção estava mais calma, quando criminosos em outros pontos do bairro passaram a fazer disparos de fuzis, também conhecidos anti-traçantes.

Os disparos, segundo a Polícia Militar, foram realizados para o alto e causam efeitos luminosos no céu.

Neste momento, os policiais da Rotam solicitaram reforço policial, pois temiam novos confrontos.

Ao chegarem ao local, policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) fizeram uma arredura na região, quando a situação foi totalmente contornada por alguns instantes.

Só que, quando os policiais civis e miliates estavam deixando a área de atrito, mais pessoas da comunidade voltaram a atacá-los com pedras, mas ninguém saiu ferido.

Duas pedradas atingiram um carro de uma equipe de reportagem de uma emissora de televião de Cuiabá, que foi para cobrir a ocorrência policial, obrigando os policiais a retornarem e só saírem quando a situção voltou ao normal.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você acha da decisão da CPI do Paletó de pedir o afastamento do prefeito?
Ele tem que ser afastado
Ele tem que ser cassado
Ele é inocente
Tanto faz
PARCIAL