NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 10 de Julho de 2020
POLÍCIA
Quarta-feira, 24 de Junho de 2020, 10h:45

TRÁFICO

Adolescente é flagrado com 1.750 selos de LSD e 21 de ecstasy

Menino de 17 anos disse à Polícia que pagava um "pedágio" de R$ 100 a uma facção criminosa, em Sinop

TÉO GOMES
Da Reportagem
PMMT
Menino de 17 anos disse à Polícia que pagava um "pedágio" de R$ 100 a uma facção criminosa, em Sinop

Mais uma denúncia anônima levou agentes do Comando de Ação Rápida (CAR), da Polícia Militar, a descobrirem uma venda clandestina das drogas pesadas, como LSD e ecstasy, em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá).

As drogas eram vendidas por um adolescente de 17 anos. Apreendido, ele confessou que é obrigado a pagar uma taxa diária, a uma facção criminos, para ter o "comércio" da droga livre.

Na casa do adolescente, na Rua dos Biris, bairro Parque das Araras, a Polícia Militar apreendeu 1.750 selos de LSD, 21 comprimidos de ecstasy, duas porções de maconha, balança de precisão, R$ 400 em dinheiro, uma máquina de cartão e um celular.

Segundo a PM, policiais do CAR foram checar uma denúncia anônima e deram de cara com um garoto chefiando uma "boca".

Ao abordarem o acusado, os policiais encontraram 200 selos de LSD, dinheiro e a máquina de cartão, usada para receber pelas vendas.

Desorientado, o adolescente acabou confessando que o restante dos materiais estava em sua residência.

Os policiais militares se deslocaram até o imóvel e encontraram mais 1.550 selos de LSD, os comprimidos de ecstasy, maconha e a balança.

PEDÁGIO - `Para atuar com comércio ilícito da drogas, o adolescente confessou mais um fato novo para a Polícia: ele era obrigado a pagar uma taxa diária de R$ 100 para uma facção criminosa.

O acusado foi transferido para a Polícia Civil, para ser autuado em flagrante em crime de tráfico de drogas.

A Polícia ainda vai apurar como acontece esse pagamento de "pedágio" para a venda de droga.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL