NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
POLÍCIA
Segunda-feira, 25 de Junho de 2018, 19h:04

POLÍCIA

Ação da Derf leva sete criminosos para prisão

Sete suspeitos por crimes como roubos, latrocínio, extorsão e homicídio foram presos em ações distintas desencadeadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Cuiabá. As prisões são decorrentes de cumprimentos de mandados de prisão em aberto e ocorreram ao longo da última semana, em desfavor de investigados pela prática dos diferentes crimes. Na lista dos detidos está Camila Nogueira Lima da Cruz, 23, conhecida como “Cerejinha”. Ela é apontada como envolvida em uma tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte). Neste caso, o crime aconteceu no dia 04 de maio, em uma joalheria no Calçadão da Ricardo Franco, no centro da capital. Na ocasião, um casal entrou no estabelecimento se passando por clientes e depois de simular interesse em alguns objetos, anunciaram o assalto. O proprietário da joalheria reagiu e foi atingido por dois disparos de arma de fogo, na cabeça e no peito. A vítima foi socorrida e ficou vários dias hospitalizada. Logo após o roubo, uma guarnição da Polícia Militar, conseguiu efetuar a prisão do suspeito, Adriel Felipe Bezerra da Silva, o qual ainda estava com a arma usada no roubo. Em continuidade às investigações, os policiais da Derf identificaram Camila Nogueira, como a mulher que estava junto com Adriel da Silva. Diante dos indícios de coautoria, a Polícia Civil representou pelo pedido de prisão preventiva da jovem, deferido pela Justiça. Outro preso trata-se de Nathan Leandro da Silva Nascimento, também investigado pela autoria de diversos roubos à residência ocorridos na capital. O suspeito teve a ordem de prisão expedida por descumprimento de medida judicial, ou seja, por não fazer o uso de tornozeleira eletrônica. De acordo com o delegado da Derf, Fabiano Pitoscia, Nathan Nascimento já foi reconhecido pela prática de outras ocorrências de roubos, sendo realizada representação pela prisão preventiva também em referência a outros delitos. Outro criminoso preso foi Daniel Gomes Paula de Arruda, 19 anos, investigado pela prática de roubo majorado em julho de 2017, na capital. Na ocasião, com emprego de arma branca (faca), com restrição à liberdade das vítimas, Daniel Paula e um comparsa realizaram assalto a um casal de idosos no bairro Jardim Primavera, vindo a subtrair eletrônicos, dinheiro em espécie, talonário de cheques e um veículo que foi localizado horas após o fato abandonado. Já ao comparecer na delegacia para registrar ocorrência de furto, na quinta-feira (21), Elifran da Silva, 40, foi preso por policiais da Derf em checagem, que apontou que o rapaz possui mandado de prisão em aberto pelo crime de extorsão. A Derf também deu cumprimento na quinta-feira (21) a dois mandados contra foragidos investigados como autores de homicídios, sendo eles, Clever Murilo de Faria e Cleiton Martins Rodrigues.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL