Segunda feira, 14 de outubro de 2019 Edição nº 14920 21/02/2018  












Os ganhos nas estatais

A informação de que os salários da diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) chegam a superar R$ 100 mil mensais dá uma ideia do quanto as distorções na área administrativa não se limitam a vencimentos acima do teto nos poderes. Embora menores do que os normalmente pagos nesses casos para executivos financeiros do setor privado, os ganhos reforçam a impressão de que algumas estatais vivem num mundo à parte, imunes à crise de um setor público às voltas com desequilíbrios crônicos. O ajuste nas contas federais só faz sentido se incluir também as estatais, muitas das quais sugam anualmente volumes consideráveis de recursos do orçamento da União. Leia mais...

19:24 Empresa investe R$ 1 bi em MT
19:23 Taques ainda aguarda conversa com Maggi
19:23 Wellington Fagundes quer ampliar quadros do PR
19:23 Se provocada Comissão de Ética da AL se manifestará
18:41 Nadaf pede perdão judicial para juíza Selma Arruda


18:40 Alan Zanatta isenta Emanuel Pinheiro
18:40 César Zílio paga e se livra da tornozeleira eletrônica
18:40 Três blocos são formados na Assembleia Legislativa
18:07 Dirceu se torna réu pela terceira vez na Lava Jato
18:06 Exército faz operação em presídio
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°
TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018