Sábado, 20 de abril de 2019 Edição nº 14754 13/06/2017  












Instabilidade continua

O presidente Michel Temer conseguiu escapar da cassação no âmbito do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas a decisão está longe de assegurar um mínimo de estabilidade política ao país até 2018. No Congresso, a prioridade do Planalto nos próximos dias será evitar que prosperem a denúncia criminal por parte da Procuradoria-Geral da República e os pedidos de impeachment, hoje em número elevado. Nesse cenário, questões centrais, como as reformas econômicas, acabam se transformando em instrumentos de interesse pessoal de políticos e governantes. A situação só não se mostra mais grave porque, apesar de os poderes estarem em guerra, entre outras razões, por divergências sobre como avançar no combate à corrupção, a estabilidade institucional se mostra preservada. Leia mais...

19:48 TSE não vê crime e mantém Temer
19:48 BOA DISSONANTE
19:47 PEC dos privilégios
19:47 Oh! O nome da delação é “premiada”
19:46 A Lava-Jato e a psicanálise


19:46 Lula não é ladrão
19:46 O empurrão do agronegócio
19:45
19:31 Coração Caipira ganhou em Porto Alegre do Norte
19:29 Inscrição para gestão dos museus é prorrogada
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°
TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018