Quarta feira, 22 de maio de 2019 Edição nº 15224 22/05/2019  











O preço da incerteza

A barreira psicológica do dólar a R$ 4, que voltou a ser rompida na semana passada, é sintoma da instabilidade política e da depressão econômica que acometem o país. O valor é uma espécie de fronteira. Acima deste patamar, cresce a percepção de uma escalada dos riscos associados ao Brasil. É inegável que, nos últimos meses, existe um movimento de fortalecimento global da moeda americana, mas, nas semanas mais recentes, a principal influência é interna. Leia mais...

19:44 Taques diz que deseja depor no caso dos grampos
19:44 BOA DISSONANTE
19:43 Populismo não é ameaça
19:43 Um novo dia, de um novo tempo!
19:43 Proporcionar crescimento ao país


19:42 O preço da incerteza
19:42 Reflexões da vida
19:41 Filme francês com romance lésbico volta a chamar a atenção na disputa
19:41
19:40 Filme do brasileiro Karim Aïnouz martela as várias facetas do machismo em Cannes
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°
TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018