Quarta feira, 17 de outubro de 2018 Edição nº 14923 24/02/2018  













Efeito Joesley

O governador Pedro Taques (PSDB) decidiu adotar uma medida, no mínimo, curiosa: em qualquer audiência - oficial ou extraoficial, política ou administrativa -, o interlocutor só entra no gabinete sem celular.



Antigrampo

Antes da audiência, os celulares são recolhidos em um plástico, que é vedado, e só serão devolvidos após a conversa. Segundo se apurou, a medida visa a evitar gravação, digamos, indevida.



Irritação

O deputado Mauro Savi (PSB), por exemplo, se irritou ao chegar para uma reunião com Taques e ter que deixar o celular na entrada. Ele ainda tirou o paletó para mostrar que não havia outro aparelho.



Planalto

O procedimento de Taques é o mesmo adotado pelo Palácio do Planalto, a pedido do presidente Michel Temer (MDB), logo após vir à tona a tristemente famosa gravação feita por Joesley Batista, da JBS.



Conexão “Bereré”

Defaz, Cira, Naco e Gaeco já rastrearam toda a grana do esquema de fraudes no Detran-MT. A conclusão é de que a dinheirama – cerca de R$ 1 milhão/mês - abasteceu campanhas eleitorais em 2014.



Anexos

Enquanto a primeira fase da Operação Bereré atingiu 49 pessoas e ouviu mais de 140, outros anexos das investigações miram ex-secretários e ex-funcionários da Assembleia e do Palácio Paiaguás.



De doador a...

Um empresário que foi um dos principais doadores na campanha eleitoral de 2014, além de sócio de uma ex-megaempresa em Mato Grosso, voltou ao cenário político, nesta semana.



...prestador de serviço

Agora, o antigo doador virou prestador de serviços. Ele ganhou um contrato de 10 milhões com uma Secretaria de Estado. O interessante é que a pasta dispensou o indispensável processo de licitação.



Recorde 1

As autuações da Receita Federal totalizaram R$ 204,9 bilhões no ano passado, maior valor da série histórica, iniciada em 1968. Houve um crescimento de 68,5%, na comparação com 2016.



Recorde 2

Historicamente, a arrecadação efetiva decorrente de autuações representa entre 2% e 7% do total. Será que o vice-governador Carlos Fávaro vai postar algum vídeo contra o ‘Estado atrapalhador’?



........

Desistência

O ex-governador Silval Barbosa desistiu das testemunhas que tinha indicado, no processo envolvendo o Veíulo Leve sobre Trilhos (VLT). Com isso, o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB), o conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, os ex-ministros do Esporte, Orlando Silva e Aldo Rebelo, e Marleide Carvalho não precisarão depor por vídeoconferência. O depoimento iria ocorrer no dia 23 de março.

......

CPI do Paletó

As imagens de deputados pegando maços de dinheiro, gravadas por um ex-assessor, segundo Silval, são frutos de um esquema de extorsão, definido em reuniões da “elite” da Assembleia, o Colégio de Líderes.

Dinheiro no ralo

O esquema (R$ 600 mil para cada um, segundo SB) seria para os nobres deputados não “atrapalharem” obras. Entre elas, Arena Pantanal, VLT e trincheiras. Detalhe: a maioria dessas obras nem saiu do papel...

Reviravolta

Ex-governador, ex-prefeito, ex-deputado federal e ex-senador, Júlio Campos (DEM) pode rever seus conceitos e entrar na disputa por uma vaga na Câmara Federal, nas eleições deste ano.

Influência

Em princípio, JC planejava se candidatar à Assembleia Legislativa. Ao longo de quase cinco décadas de vida política, ele nunca foi deputado estadual. O irmão, Jaime Campos, teria influenciado na decisão.

Sob suspeita

Ministro do STF, Luiz Fux autorizou a PF a investigar o deputado federal Carlos Bezerra. Há suspeita de fraude na licitação das obras de reforma do Aeroporto de Rondonópolis, em 2014.



Propina

O donatário do MDB/MT é citado em uma investigação iniciada pela Defaz. A suspeita é de que a obra do terminal foi superfaturada em R$ 7,5 milhões, supostamente transformados em propina.



Festa

Após o sucesso de público do Carnaval na Orla do Porto, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou que a comemoração do 299º aniversário de Cuiabá, dia 8 de abril, terá show com o sertanejo Luan Santana.


Efeito Joesley

O governador Pedro Taques (PSDB) decidiu adotar uma medida, no mínimo, curiosa: em qualquer audiência - oficial ou extraoficial, política ou administrativa -, o interlocutor só entra no gabinete sem celular.



Antigrampo

Antes da audiência, os celulares são recolhidos em um plástico, que é vedado, e só serão devolvidos após a conversa. Segundo se apurou, a medida visa a evitar gravação, digamos, indevida.



Irritação

O deputado Mauro Savi (PSB), por exemplo, se irritou ao chegar para uma reunião com Taques e ter que deixar o celular na entrada. Ele ainda tirou o paletó para mostrar que não havia outro aparelho.



Planalto

O procedimento de Taques é o mesmo adotado pelo Palácio do Planalto, a pedido do presidente Michel Temer (MDB), logo após vir à tona a tristemente famosa gravação feita por Joesley Batista, da JBS.



Conexão “Bereré”

Defaz, Cira, Naco e Gaeco já rastrearam toda a grana do esquema de fraudes no Detran-MT. A conclusão é de que a dinheirama – cerca de R$ 1 milhão/mês - abasteceu campanhas eleitorais em 2014.



Anexos

Enquanto a primeira fase da Operação Bereré atingiu 49 pessoas e ouviu mais de 140, outros anexos das investigações miram ex-secretários e ex-funcionários da Assembleia e do Palácio Paiaguás.



De doador a...

Um empresário que foi um dos principais doadores na campanha eleitoral de 2014, além de sócio de uma ex-megaempresa em Mato Grosso, voltou ao cenário político, nesta semana.



...prestador de serviço

Agora, o antigo doador virou prestador de serviços. Ele ganhou um contrato de 10 milhões com uma Secretaria de Estado. O interessante é que a pasta dispensou o indispensável processo de licitação.



Recorde 1

As autuações da Receita Federal totalizaram R$ 204,9 bilhões no ano passado, maior valor da série histórica, iniciada em 1968. Houve um crescimento de 68,5%, na comparação com 2016.



Recorde 2

Historicamente, a arrecadação efetiva decorrente de autuações representa entre 2% e 7% do total. Será que o vice-governador Carlos Fávaro vai postar algum vídeo contra o ‘Estado atrapalhador’?



........

Desistência

O ex-governador Silval Barbosa desistiu das testemunhas que tinha indicado, no processo envolvendo o Veíulo Leve sobre Trilhos (VLT). Com isso, o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB), o conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, os ex-ministros do Esporte, Orlando Silva e Aldo Rebelo, e Marleide Carvalho não precisarão depor por vídeoconferência. O depoimento iria ocorrer no dia 23 de março.

......

CPI do Paletó

As imagens de deputados pegando maços de dinheiro, gravadas por um ex-assessor, segundo Silval, são frutos de um esquema de extorsão, definido em reuniões da “elite” da Assembleia, o Colégio de Líderes.

Dinheiro no ralo

O esquema (R$ 600 mil para cada um, segundo SB) seria para os nobres deputados não “atrapalharem” obras. Entre elas, Arena Pantanal, VLT e trincheiras. Detalhe: a maioria dessas obras nem saiu do papel...

Reviravolta

Ex-governador, ex-prefeito, ex-deputado federal e ex-senador, Júlio Campos (DEM) pode rever seus conceitos e entrar na disputa por uma vaga na Câmara Federal, nas eleições deste ano.

Influência

Em princípio, JC planejava se candidatar à Assembleia Legislativa. Ao longo de quase cinco décadas de vida política, ele nunca foi deputado estadual. O irmão, Jaime Campos, teria influenciado na decisão.

Sob suspeita

Ministro do STF, Luiz Fux autorizou a PF a investigar o deputado federal Carlos Bezerra. Há suspeita de fraude na licitação das obras de reforma do Aeroporto de Rondonópolis, em 2014.



Propina

O donatário do MDB/MT é citado em uma investigação iniciada pela Defaz. A suspeita é de que a obra do terminal foi superfaturada em R$ 7,5 milhões, supostamente transformados em propina.



Festa

Após o sucesso de público do Carnaval na Orla do Porto, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou que a comemoração do 299º aniversário de Cuiabá, dia 8 de abril, terá show com o sertanejo Luan Santana.


Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

19:39 Desembargadores evitam diálogo com Taques
19:39 STF quebra sigilo bancário da empresa de Carlos Avalone
19:39 Silval diz que foi vítima de extorsão
19:34 24 sábado Lula critica o juiz Sérgio Moro
19:34 BOA DISSONANTE


19:16 Bitcoins e sua regulamentação
19:16 Luis-Philippe, oráculo cuiabano
19:15 De edição
19:15 Corporativismo exacerbado
19:14 Sistema de segurança falida
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°
TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018