Domingo, 17 de fevereiro de 2019 Edição nº 14943 24/03/2018  












JULGAMENTO
ARQUIVO
A ministra negou que o STF esteja dividido, mas que há diferentes compreensões de mundo por parte
Suspensão foi para evitar a exaustão


A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), a ministra Cármen Lúcia, afirmou na manhã de ontem, em entrevista à Rádio Jovem Pan, que o julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva precisou ser interrompido para respeitar os limites físicos dos ministros da corte. Com o adiamento, a maioria do colegiado concedeu liminar para que Lula não seja preso até 4 de abril. Leia mais...
JULGAMENTO
· "Estou sendo crucificado", diz Marco Aurélio

DILMA
· Federal aponta propina de US$ 15 milhões na refinaria

BAHIA
· Sem aplausos não se governa, afirma Temer

LULA
· Palocci quer ser julgado no mesmo dia

19:02 Mais cinco deputado são investigados
19:02 PTB se reúne hoje de olho em engrossar oposição
19:02 Pedro Taques é empossado presidente
19:01 Apoio a Wellington ameaça esquerda
18:59 BOA DISSONANTE


18:58 Ex-líder do governo, critica criação de fundo de estabilização
18:57 O ministro da saúde e o placebo
18:56 O impacto das fake news nas eleições
18:56 A dimensão de Jesus
18:55 De isonomia
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°
TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018