Diario de Cuiabá

Quarta-feira, 14 de Março de 2018, 01h:52

Diretoria pressiona Jair Ventura

SAMIR CARVALHO
Da Uol/Folhapress – Santos

Após o Santos completar quatro jogos sem vencer -três derrotas e um empate- e tomar oito gols neste período, o técnico Jair Ventura já começa a sofrer pressão no clube paulista. A reportagem apurou que o estopim para a insatisfação da diretoria santista foi a decisão do treinador em poupar os titulares na última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. ADVERTÊNCIA Jair, inclusive, foi advertido da decisão antes mesmo da partida. A cúpula santista reprovou a estratégia e ficou indignada ao ver o time perder por 3 a 1 para o modesto São Bento, em plena Vila Belmiro, no último domingo. Os dirigentes ressaltam que Gabigol, principalmente, não deveria ter sido poupado. Gabriel completará duas semanas sem atuar. O último jogo do camisa 10 ocorreu na derrota para o Real Garcilaso, do Peru, no dia 1º deste mês. Neste período, ele cumpriu suspensão contra o Corinthians e foi preservado por Jair Ventura para os duelos contra Novorizontino e São Bento. Sem ele, o time não venceu. PRESSÃO Dirigentes alegam que Jair Ventura provocou uma pressão desnecessária ao poupar todos os titulares porque o Santos só atua na quinta-feira, diante do Nacional-URU, no Pacaembu, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Atletas como Gabigol, por exemplo, poderiam estar em campo.

Fonte: Diario de Cuiabá

Visite o website: www.diariodecuiaba.com.br