Diario de Cuiabá

Terça-feira, 13 de Março de 2018, 08h:50

Aumenta a pressão para o clássico

LEANDRO MIRANDA
Da Uol/Folhapress – São Paulo

O quarto jogo consecutivo sem vencer no Paulista aumentou a pressão no Palmeiras para o jogo de amanhã, contra o São Paulo, no Allianz Parque. Derrotado pelo São Caetano por 1 a 0, na segunda-feira, dentro de casa, a equipe segue na liderança geral da competição, mas precisa vencer para não correr riscos de perder benefícios nas fases de mata-mata. Para piorar, a equipe vem de derrota no clássico anterior para o Corinthians, em Itaquera, e vê a pressão de sua torcida para manter a invencibilidade contra os são-paulinos atuando no Allianz. O time foi para o vestiário, tanto no primeiro tempo quanto no segundo, ouvindo vaias. "A partir de amanhã [terça-feira, 6] começamos a pensar nele. Já é a quarta partida que não vencemos no Paulista. Se torna mais importante essa partida de quinta-feira", afirmou Roger Machado. No último clássico, aliás, Roger tentou esfriar um pouco os ânimos ao falar do aspecto emocional da partida e viu sua equipe ser criticada pela falta de vontade. A fala na sua coletiva após a derrota para o São Caetano indica que pode haver mudança no discurso durante a semana. Fernando Prass, que recebeu chance no lugar do suspenso Jaison, foi outro que falou grosso e disse que a equipe tem a obrigação de apresentar um futebol melhor. "Mais do que focar em um lance só, precisamos olhar para a partida como todo. E como um todo não foi boa." Assim como fez Moisés ainda no gramado, o goleiro também ponderou que, apesar da péssima apresentação, o time ainda está na liderança e pode se consolidar como o melhor do campeonato com uma vitória.

Fonte: Diario de Cuiabá

Visite o website: www.diariodecuiaba.com.br