Diario de Cuiabá

Terça-feira, 13 de Março de 2018, 08h:48

PM apreende defensivos agrícolas, armas e munições

Policiais militares prenderam em flagrante três pessoas envolvidas no furto de defensivos agrícolas e de quatro pneus de caminhonete na região do Distrito de Joaquim do Boche, em Tangará da Serra. Quando checaram a documentação dos suspeitos, os policiais constataram que havia um mandado de prisão em aberto contra um deles. Armas e munições foram apreendidas juntamente com os produtos em uma residência no Distrito de Progresso. Uma vítima entrou em contato com os policiais e denunciou que um dos suspeitos, Claudemir Rodrigues, 39, esteve em sua propriedade no mesmo dia do furto, acompanhado de um estranho e que observava as dependências onde eram armazenados os defensivos. Na chácara indicada onde estaria Claudemir, também foram encontrados uma espingarda artesanal calibre 22. Durante a abordagem, ele admitiu o envolvimento no furto dos insumos e que teria passado as informações a outra pessoa. Com apoio da Agência Regional de Inteligência, os policiais conseguiram prender o envolvido nas proximidades de um mercado em Tangará da Serra, identificado como Adriano Rodrigues da Silva, 37. O outro envolvido foi identificado como Paulo Sergio Romão, 39, que também tentou fugir, porém logo foi detido. Consta contra ele um mandato em aberto. Ao ser questionado sobre os produtos do furto, Adriano, disse que outro veículo, uma F-4000 de cor vermelha, estaria transportando o material sentido ao município de Lucas do Rio Verde, onde estaria o receptador que iria comprá-lo. A Força Tática da PM solicitou apoio policial das unidades de Deciolândia, Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, enquanto seguiam com Adriano para Lucas do Rio Verde, onde estaria o suposto comprador. No caminho o suspeito tentou subornar os policiais dizendo que pagaria o valor que receberia pelos insumos, cerca de R$ 50 mil. E que o produto estaria na verdade no Distrito de Progresso. Os produtos foram localizados no endereço indicado em Progresso, na residência do quarto suspeito a ser preso, Antônio Marcelino Dias, 39, onde havia uma pistola 380 com três carregadores e 22 munições calibre 380, uma espingarda de pressão nitro 5.5, uma espingarda calibre 12 com 08 munições, 25 munições calibre 20 e seis cartuchos deflagrados calibre 20.

Fonte: Diario de Cuiabá

Visite o website: www.diariodecuiaba.com.br