NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020
ILUSTRADO
Sábado, 01 de Agosto de 2020, 12h:45

CELEBRIDADES

Marisa Orth revela que já teve crush por personagem de desenho animado

Da Folhapress - São Paulo
Marisa Orth

 Marisa Orth revelou em um episódio bem-humorado de "Cada Um No Seu Quadrado" (Globoplay) exibido nesta sexta-feira (31) que já se apaixonou por um personagem de desenho animado.
"Eu já tive crush por um super-herói que eu nem sei se existe mais. Era o Namor, o Príncipe Submarino. Tava sempre de sunga, e ele tinha umas nadadeiras nos tornozelos, e eu achava aquilo sexy. Eu tenho uma coisa com o mundo aquático. Uma vez eu tava vendo uma luta mortal entre um polvo e uma moreia, e não me deu tesão?!", revelou a humorista.
No programa de confidências, os apresentadores Paulo Vieira e Fernando Caruso também receberam os convidados Fabio Porchat, Joaquim Lopes e Miá Mello.
"Eu tô me sentindo no Arquivo Confidencial, porque cada um de vocês presente, aqui, viveu comigo durante muito tempo da minha vida", brincou Porchat. "O Caruso, no Comédia em Pé, a Miá, no 'Meu Passado Me Condena', o Paulo Vieira, em uma fase difícil, nossa".
Paulo também relembrou um momento inusitado com o amigo: "A primeira vez que eu fui dormir na casa do Fabio, ele falou assim: 'Essa daqui é a casa, esse daqui é o seu quarto...'. Aí eu perguntei: 'E essa imagem, o que é?'. Ele falou assim: 'É um diabo'", relembrou o apresentador, assustado.
Porchat mostrou a peça e explicou: "Esse aqui é um demônio na Índia. São dez cabeças: nove cabeças aqui [na frente] e uma atrás, porque ele vê tudo o que acontece".


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL