NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Domingo, 12 de Julho de 2020
ILUSTRADO
Sábado, 30 de Maio de 2020, 00h:00

QUARENTENA EM CASA

Com campeonatos suspensos, séries e filmes alimentam paixão pelos esportes

Disponíveis em serviços de streaming, programas mergulham em modalidades como basquete, boxe, surfe e Fórmula 1

No último fim de semana, a Bundesliga retomou suas atividades com partidas da primeira divisão do futebol da Alemanha, um dos países que se destacam no combate ao avanço do novo coronavírus. Enquanto o esporte mais popular do planeta segue planejando seu retorno aos poucos — com portões fechados e seguindo orientações sanitárias dos órgãos de saúde —, quase todas as modalidades esportivas do mundo ainda não têm data definida para voltar.
Para quem sente saudade de ver grandes duelos ou quer conhecer melhor equipes históricas ou bastidores de competições, times e ligas profissionais, os serviços de streaming contêm um vasto cardápio de opções, com filmes e séries documentais sobre basquete, pugilismo, futebol americano, surfe e Fórmula 1, entre outros, com tramas que contam tanto vitórias apoteóticas quanto derrotas acachapantes.

“Arremesso final”
A série de dez episódios da Netflix acompanha o histórico time de basquete do Chicago Bulls de Michael Jordan, Scottie Pippen e do treinador Phil Jackson, que levantou seis canecos da NBA nos anos 1990 — com foco no último título, de 1998, e em Jordan. Com vídeos de bastidores inéditos e depoimentos recentes, a série documental mostra a intimidade dos atletas, com brigas internas, desavenças administrativas e derrotas consecutivas para o duro time do Detroit Pistons de Dennis Rodman — que mais tarde seria tricampeão em Chicago —, até o sucesso que alçaria os Bulls a uma das melhores equipes da história do basquete mundial.
Além de cenas de jogos históricos, um dos pontos altos é mostrar o lado humano de Jordan, um atleta competitivo obcecado que chegava ao limite do bullying para incentivar e provocar seus próprios companheiros.

“All or nothing”
Conhecida no Brasil por suas temporadas dedicadas ao futebol (Manchester City e seleção brasileira), a série da Amazon Prime Video, especializada em acompanhar a intimidade de equipes esportivas profissionais durante um ano ou uma

competição importante, já oferece cinco programas dedicados a franquias da NFL: Arizona Cardinals, Los Angeles Rams, Dallas Cowboys, Philadelphia Eagles e Carolina Panthers. Há ainda uma temporada sobre o time universitário de futebol americano Michigan Wolverines e outra que segue a seleção neozelandesa de rugby, conhecida como All Blacks.

“Anderson Silva: como água”
Disponível no Globoplay, o documentário mostra a preparação da estrela brasileira de MMA para defender o cinturão de campeão de peso médio do UFC contra o rival Chael Sonnen. Além de imagens de combate, o filme apresenta momentos em família do “Spider”, sua filosofia de treino e entrevistas com outros lutadores, como Jose Aldo e Lyoto Machida.

“Tyson”
Também no Globoplay, o documentário de 2008 traça um perfil de Mike Tyson, desde de sua dura infância, passando pelo apogeu como campeão mundial de boxe na categoria peso pesado até suas polêmicas dentro e fora do ringue. Dirigido por James Toback, o longa-metragem conta com entrevistas exclusivas do ex-pugilista realizadas para a produção.

“Losers”
O título da minissérie da Netflix (“Perdedores”, em tradução literal) deixa clara a sua proposta: mostrar como derrotas afetaram atletas, suas famílias e suas equipes. Em oito episódios, o programa conta histórias de nomes como o jogador canadense de curling Pat Ryan, o corredor italiano Mauro Prosperi e a patinadora francesa Surya Bonaly.

“Formula 1: Drive to survive"
Com duas temporadas disponíveis na Netflix — cobrindo as temporadas 2018 e 2019 —, a série mergulha no universo da mais popular modalidade do automobilismo mundial, desvendando segredos das equipes, dos principais pilotos e dos executivos que comandam o esporte. A segunda temporada também inclui a Ferrari e a Mercedes, que não haviam permitido acesso aos bastidores no primeiro ano do programa. Para quem gosta de corrida, a plataforma também conta com “Guerra em 24h: Ford x Ferrari” e “Fangio, o rei das pistas”.

“Andy Irons: abençoado”
No Globoplay, o filme narra a vida do tricampeão mundial de surfe, com as glórias no esporte, seu transtorno bipolar e o vício em remédios, que o levou à morte em 2010, aos 32 anos de idade.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você acha da decisão da CPI do Paletó de pedir o afastamento do prefeito?
Ele tem que ser afastado
Ele tem que ser cassado
Ele é inocente
Tanto faz
PARCIAL