NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 20 de Outubro de 2020
ESPORTES
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020, 05h:30

LIBERTADORES

Athletico-PR e Colo-Colo duelam pela liderança do Grupo C da Libertadores

Da Folhapress - São Paulo

Líder do Grupo C, o Athletico-PR recebe o vice-líder Colo-Colo nesta quarta (23), às 19h15, na Arena da Baixada, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.
Ambas as equipes têm seis pontos, mas o clube de Curitiba tem vantagem no saldo de gols. Assim, quem vencer o duelo assume a liderança da chave e dá um passo importante rumo à classificação para as oitavas de final.
No jogo de ida, disputado no dia 11 de março, o Colo-Colo levou a melhor no Monumental de Santiago: 1 a 0, gol de Pablo Mouche.
Para a partida de volta, o técnico Eduardo Barros deve contar com duas novidades em relação ao time que atuou na vitória por 3 a 2 sobre o Jorge Wilstermann, em Cochabamba, terça passada (15).
Thiago Heleno, que foi desfalque na Bolívia por problemas fisiológicos, deve reassumir a posição na zaga. Outro provável retorno é Léo Cittadini, que se recuperou de dores no tornozelo.
No Colo-Colo, o destaque é a provável ausência do atacante Esteban Paredes, lesionado.

ATHLETICO-PR
Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Aguilar e Márcio Azevedo; Erick, Wellington, Léo Cittadini e Christian; Lucho González e Fabinho. T.: Eduardo Barros

COLO-COLO
Brayan Cortés; Opazo, Campos, Insaurralde, Ronald de La Fuente; Fuentes, Gabriel Suazo, Matías Fernández; Marco Bolados, Pablo Mouche, Parraguez. T.: Gualberto Jara

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Horário: 19h15 desta quarta
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL