Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 5

7. DAS DENÚNCIAS



7.1. DENÚNCIAS RECEBIDAS ATRAVÉS DO SISTEMA

"DISQUE-DENÚNCIA"



No período de duração da Comissão Parlamentar de Inquérito foram recebidas 2.321 (duas mil e trezentos e vinte e uma) denúncias pelo Sistema do “Disque-Denúncia”, as quais, após a transcrição das fitas e terem passado por uma triagem, foram consideradas válidas 329 (trezentos e vinte e nove), uma vez que as demais, por tratarem de assuntos alheios à finalidade da Comissão, foram desconsideradas.



7.2. ANÁLISE DAS DENÚNCIAS



Do total de 2.321 denúncias recebidas, foram consideradas, para efeito de análise, 329 denúncias.



7.3. DENÚNCIAS ANÔNIMAS



Foram recebidas 13 (treze) denúncias anônimas, cujos teores constam do Anexo II deste Relatório, uma vez que em razão do alto teor acusatório, seus originais ficarão oficialmente disponíveis aos interessados no Arquivo da Assembléia Legislativa.

.



7.4. VIAGENS REALIZADAS PELOS MEMBROS DA COMISSÃO

DE ASSESSORAMENTO DA CPI, PARA VERIFICAÇÃO DAS

DENÚNCIAS RECEBIDAS



7.4.1. DATA DA VIAGEM



Nos dias 05 e 06 de dezembro de 1999, a Comissão de Assessoramento, composta pelo Dr. Paulo Roberto Tavoloni, Dr. Waldeck Duarte Júnior e Cel. PM José Maria Ribeiro de Moraes, deslocou-se até a cidade de Rondonópolis, com a finalidade de manter contato com o detento do Presídio da Mata Grande, Sidinon Simão de Lima.



7.4.2. DATA DA VIAGEM



Nos dias 03 e 04 de fevereiro de 2000, a Comissão de Assessoramento, composta pelo Dr. Paulo Roberto Tavoloni, Dr. Waldeck Duarte Júnior e Cel. PM José Maria Ribeiro de Moraes, deslocou-se até a cidade de Rondonópolis, com a finalidade de manter contato com o detento do Presídio da Mata Grande, Alvino da Encarnação Silva, vulgo Baiano.





7.4.3. DATA DA VIAGEM



Em cumprimento ao cronograma contido no Plano de Ação, a Comissão de Assessoramento, composta pelo Dr. Paulo Roberto Tavoloni, Dr. Waldeck Duarte Júnior e Cel. PM José Maria Ribeiro de Moraes, deslocou-se para os seguintes Municípios:



CÁCERES-MT

MIRASSOL D'OESTE/MT

SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS/MT

ARAPUTANGA/MT

JAURU/MT

PONTES E LACERDA/MT

VILA BELA DA SANTÍSSIMA TRINDADE/MT

PORTO ESPERIDIÃO/MT



7.4.4. DATA DA VIAGEM



Nos dias 18 a 20 de maio de 2000, a Comissão de Assessoramento, composta pelo Dr. Waldeck Duarte Júnior e Major PM Jorge Catarino Morais Ribeiro, deslocou-se até a cidade de Araputanga, com a finalidade de manter contato com Márcia Mônica Pires de Almeida.



7.4.5. DATA DA VIAGEM



Nos dias 16 e 17 de junho de 2000, a Comissão de Assessoramento, composta pelo Dr. Waldeck Duarte Júnior e Major PM Jorge Catarino Morais Ribeiro, deslocou-se até a cidade de Rondonópolis, com a finalidade de manter contato com José Maria Machado.



7.4.6. DATA DA VIAGEM



Nos dias 29 e 30 de junho de 2000, a Comissão de Assessoramento, composta pelo Dr. Paulo Roberto Tavoloni, Dr. Waldeck Duarte Júnior e Dr. Célio Joubert Fúrio, deslocou-se até a cidade de Campo Grande - MS, com a finalidade de manter contato com Aryzoli Trindade Sobrinho.





7.5. DO ENCAMINHAMENTO DAS DENÚNCIAS



Após a análise das denúncias transcritas, estas foram encaminhadas, de acordo com o conteúdo, para os seguintes órgãos:



7.5.1. SECRETARIA DA FAZENDA;

7.5.2. SUPERINTENDÊNCIA DA POLÍCIA FEDERAL;

7.5.3. COMANDO GERAL DA POLÍCIA MILITAR;

7.5.4. PROCURADORIA GERAL DO ESTADO;

7.5.4. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA;

7.5.5. DIRETORIA GERAL DA POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL;

7.5.6. DELEGACIAS ESPECIALIZADAS;

7.5.7. DELEGACIAS MUNICIPAIS E DISTRITAIS;

7.5.8. TRIBUNAL DE JUSTIÇA;

7.5.9. DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE

RODAGEM – DNER;

7.5.10. GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE REPREENSÃO

AO CRIME ORGANIZADO – GAECO;

7.5.11. RECEITA FEDERAL;

7.5.12. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO

ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL;

7.5.13. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO

ESTADO DE GOIÁS;

7.5.14. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO

ESTADO DE RONDÔNIA;

7.5.15. ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PETRÓLEO – ANP;

7.5.16. COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO DA

CÂMARA FEDERAL;

7.5.17. DELEGACIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO E

CULTURA DE MATO GROSSO;

7.5.18. INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E

REFORMA AGRÁRIA – INCRA;

7.5.19. ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, SEÇÃO DE

MATO GROSSO;

7.5.20. SOS CRIANÇA DE MATO GROSSO;



Leia também...



Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Parte 6
Parte 7
Parte 8
Parte 9



Massacres marcaram primeiros contatos
Escravidão, exploração de recursos e catolicismo podem explicar subdesenvolvimento
Marechal Rondon simboliza a expansão
Comemorações são importantes para os não-índios, que têm necessidade de se afirmar
Cultura dos parecis facilitou a boa integração
Áreas indígenas ocupam 13% do território
Instituição do distrito de Jarudore impediu que bororos utilizassem o rio Vermelho
Departamento estima em 9 os grupos isolados
Agora são os terenas que brigam por sua reserva
Povos indígenas querem mais autonomia
Presidente de associação acredita em proposta
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 2
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 3
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 4
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 5
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 7
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 8
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 9