Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 4

6. DAS AUDIÊNCIAS



Para a tomada de depoimentos foram realizadas as seguintes audiências:



6.1. AUDIÊNCIAS RESERVADAS



Foram realizadas, na Sala de Reuniões da Presidência, as seguintes audiências:



6.1.1. No dia 23 de novembro de 1999, às 10:30 horas, foi ouvido, em caráter sigiloso, o depoimento de Wilson Antônio Reinaldo Rodrigues;



6.1.2. No dia 02 de dezembro de 1999, às 14:00 horas, foi ouvido o depoimento de Alzira Araújo Menezes Catunda, Delegada do Ministério da Agricultura em Mato Grosso;



6.1.3. No dia 02 de março de 2000, às 11:00 horas, foi ouvido o depoimento do Dr. José Maria Fonseca, Delegado da Polícia Federal;



6.1.4. No dia 04 de abril de 2000, às 09:00 horas, foi ouvido o depoimento do Dr. Hilário Mozer Neto, Secretário de Estado de Segurança Pública;



6.1.5. No dia 14 de abril de 2000, às 14:00 horas, foi ouvido o depoimento do Dr. Luciano Freiria Oliveira, Promotor de Justiça de São José dos Quatro Marcos – MT;



6.1.6. No dia 19 de abril de 2000, às 11:00 horas, foi ouvido o depoimento de Milton Bonutti;



6.1.7. No dia 05 de junho de 2000, às 12:00 horas, os Membros da CPI, bem como os Membros da Comissão de Assessoramento, deslocaram-se até o Batalhão de Guardas da Polícia Militar, para ouvir o depoimento de Nercílio José Nunes, Capitão da Polícia Militar de Mato Grosso;



6.1.8. No dia 27 de junho de 2000, às 10:00 horas, foi ouvido o depoimento do reconvocado José Maria Machado.





6.2. AUDIÊNCIAS PÚBLICAS



Foram realizadas, no Auditório “Deputado Milton Figueiredo”, as seguintes audiências:



6.2.1. No dia 09 de dezembro de 1999, às 14:00 horas, foi ouvido o depoimento de Sidinon Simão de Lima;



6.2.2. No dia 02 de maio de 2000, às 14:00 horas, foi ouvido o depoimento de Valdir Pereira, Cabo da Polícia Militar de Mato Grosso;



6.2.3. No dia 02 de maio de 2000, às 16:00 horas, foi ouvido, em audiência pública, o depoimento de José Jesus de Freitas, Sargento da Polícia Militar de Mato Grosso;



6.2.4. No dia 11 de maio de 2000, às 09:00 horas, foi ouvido o depoimento de Jorge Meres Alves de Almeida, Testemunha da Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara Federal;



6.2.5. No dia 16 de maio de 2000, às 15:00 horas, foi ouvido o depoimento do Dr. Abel Balbino Guimarães, Juiz de Direito da Comarca de Barra do Garças – MT;



6.2.6. No dia 18 de maio de 2000, às 15:00 horas, foi ouvido o depoimento do Dr. José Arturo Iunes Bobadilla Garcia, Promotor de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul – MS;



6.2.7. No dia 23 de maio de 2000, às 15:00 horas, foi ouvido o depoimento do Dr. Paulo Toledo Ribeiro Júnior, Juiz de Direito da Comarca de São José dos Quatro Marcos – MT;



6.2.8. No dia 25 de maio de 2000, às 14:00 horas, foi ouvido o depoimento de João Roberto Ferlin, Vereador do Município de São José dos Quatro Marcos;



6.2.9. No dia 25 de maio de 2000, às 15:00 horas, foi ouvido o depoimento de Márcia Mônica Pires de Almeida;



6.2.10. No dia 30 de maio de 2000, às 16:00 horas, foi ouvido o depoimento de Aryzoli Trindade Sobrinho, Testemunha da Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara Federal;



6.2.11. No dia 31 de maio de 2000, às 15:00 horas, foi ouvido o depoimento de Ronaldo Sérgio Laurindo;



6.2.12. No dia 13 de junho de 2000, às 14:00 horas, foi ouvido o depoimento de Julieta Alves Werhen, Presidente dos Direitos Humanos de Barra do Garças – MT;



6.2.13. No dia 14 de junho de 2000, às 15:00 horas, foi ouvido o depoimento de Josino Pereira Guimarães;



6.2.14. No dia 20 de junho de 2000, às 09:00 horas, foi ouvido o depoimento de José Maria Machado;



6.2.15. No dia 20 de junho de 2000, a partir das 16:00 horas, foi realizada audiência para acareação de José Maria Machado com Carlos Kleber Paes de Barros, Ex-Diretor do Presídio do Carumbé e José Márcio Francisco de Figueiredo, Carcereiro do Presídio do Carumbé.





6.3. ENCAMINHAMENTO DE CÓPIAS DOS DEPOIMENTOS



De acordo com os requerimentos recebidos, foram remetidas cópias de depoimentos aos seguintes órgãos e autoridades:



6.3.1. Dr. Valter Albano da Silva, Secretário de Estado de Fazenda;

6.3.2. Dr. José João Bernardes, Delegado da Receita Federal em Mato Grosso;

6.3.3. Dr. Abel Balbino Guimarães, Juiz de Direito da Comarca de Barra do Garças-MT;

6.3.4. Dr. Luiz Francisco Caetano Lima, Advogado de Josino Pereira Guimarães;

6.3.5. Drs. Ademar Francisco de Carvalho e Tomás Roberto Nogueira;

6.3.6. Coronel PM José Renato Martins Filho, Secretário-Chefe da Casa Militar do Estado;

6.3.7. Dr. Hilário Mozer Neto, Secretário de Estado de Segurança Pública;

6.3.8. Dr. Sérgio Luiz Morelli, Procurador Geral de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul;

6.3.9. Dr. Flávio Cezar Fachone, Promotor de Justiça Membro do GAECO;

6.3.10. Drs. Gustavo Passarelli da Silva e Evandro Silva Barros, Advogados de Luiz Antônio Martins;

6.3.11. Coronel PM Antônio Felix Neto, Comandante Geral da Polícia Militar do Estado;

6.3.12. Coronel PM José Maria Moraes, Comandante do Comando do Policiamento da Capital;

6.3.13. Dr. José Maria da Fonseca, Delegado da Polícia Federal em Mato Grosso;

6.3.14. Coronel PM Victor Hugo Metelo de Siqueira, Corregedor Geral da Polícia Militar do Estado;

6.3.15. Dr. Benedito Xavier de Souza Corbelino, Secretário de Estado de Segurança Pública;

6.3.16. Dr. José Pedro Taques, Procurador da República em Mato Grosso;

6.3.17. Dr. Alexandre Tavoloni Júnior, Procurador do Estado Presidente da Comissão de Processo Administrativo Disciplinar do Estado de Mato Grosso;

6.3.18. Dr. Paulo Inácio Dias Lessa, Desembargador Corregedor-Geral de Justiça do Estado;

6.3.19. Dr. Guiomar Teodoro Borges, Procurador Geral de Justiça do Estado;

6.3.20. Dr. Munir Feguri, Desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado;

6.3.21. Dr. Eduardo Jacob, Assessor Jurídico do Gabinete da Presidência da Assembléia Legisativa;

6.3.22. Dr. Cláudio Luiz Rosa, Superintendente da Polícia Federal em Mato Grosso;

6.3.23. Drª Ana Cristina Bardusco, Promotora de Justiça da 12ª Promotoria



Leia também...



Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Parte 6
Parte 7
Parte 8
Parte 9



Massacres marcaram primeiros contatos
Escravidão, exploração de recursos e catolicismo podem explicar subdesenvolvimento
Marechal Rondon simboliza a expansão
Comemorações são importantes para os não-índios, que têm necessidade de se afirmar
Cultura dos parecis facilitou a boa integração
Áreas indígenas ocupam 13% do território
Instituição do distrito de Jarudore impediu que bororos utilizassem o rio Vermelho
Departamento estima em 9 os grupos isolados
Agora são os terenas que brigam por sua reserva
Povos indígenas querem mais autonomia
Presidente de associação acredita em proposta
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 2
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 3
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 4
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 5
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 7
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 8
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 9