Cultura dos parecis facilitou a boa integração

A resposta para um contato diferenciado entre o Marechal Cândido Rondon e os parecis de Diamantino a antropóloga Maria de Fátima Roberto encontra na própria cultura dos índios.

Os pareci acreditavam num ser, chamado Azare, que vinha das pedras dos fundos dos rios para dar assistência e proteção. “Era mais ou menos como um irmão mais velho que, entre outras coisas, definia onde cada um deveria morar”, narra a pesquisadora.

É como herói que os índios passam a encarar Rondon. O Marechal chega no momento em que os pareci começavam a ser explorados por seringueiros. “De uma forma paternalista ele tira os índios dali, e os leva para o entorno das linhas telegráficas. Ao sanar os conflitos, ele se torna uma referência para o grupo”, aponta Fátima.

Segundo a pesquisadora, os índios diziam que Rondon tinha vindo ao mundo para corrigi-lo. Sobre o imaginário dos índios, o Marechal se torna mítico. “Até o Rio de Janeiro chega a influenciar o grupo: eles sabiam que Rondon vinha de lá, assim como todos os presentes. Desta forma, o Rio de Janeiro se tornou uma referência para eles”, lembra. (JPL)




Massacres marcaram primeiros contatos
Escravidão, exploração de recursos e catolicismo podem explicar subdesenvolvimento
Marechal Rondon simboliza a expansão
Comemorações são importantes para os não-índios, que têm necessidade de se afirmar
Cultura dos parecis facilitou a boa integração
Áreas indígenas ocupam 13% do território
Instituição do distrito de Jarudore impediu que bororos utilizassem o rio Vermelho
Departamento estima em 9 os grupos isolados
Agora são os terenas que brigam por sua reserva
Povos indígenas querem mais autonomia
Presidente de associação acredita em proposta
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 2
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 3
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 4
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 5
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 7
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 8
Leia aqui o relatório final da CPI do Narcotráfico - parte 9