Manso tem lago grande para pequena geração

Manso, a décima usina hidrelétrica construída por Furnas Centrais Elétricas S.A desde que a empresa foi criada, em 1957, se difere em muitos aspectos das demais obras. É a menor delas, em capacidade de geração de energia, mas seu lago é um dos maiores em extensão. A Usina de Marimbondo, localizada entre as cidades de Icém, em São Paulo, e Fronteira, em Minas Gerais, possui um lago de tamanho semelhante – cerca de 430 quilômetros quadrados – mas gera sete vezes mais energia.

É possível comparar Manso a outras hidrelétricas, além de Marimbondo. A Usina do Funil, por exemplo, gera quantidade de energia semelhante, cerca de 216 megawatts, a partir de um lago aproximadamente nove vezes menor que o de Manso, com 40 quilômetros quadrados. Funil, localizada no Rio Paraíba do Sul, em Resende, no Rio de Janeiro, começou a ser planejada na década de 30, mas o projeto só começou na década de 60. Em 1965 Funil foi absorvida pela Eletrobrás, e dois anos mais tarde foi concluída por Furnas.

As características de Manso podem ainda ser comparadas a outra usina de Furnas, a Luiz Carlos Barreto de Carvalho, localizada em São Paulo. Inaugurada no início da década de 70, Luiz Carlos está localizada próxima à cidade de Franca. Lá, um reservatório de apenas 46 quilômetros quadrados – cerca de nove vezes menor que o de Manso – é capaz de gerar até 1050 megawatts, ou seja, aproximadamente cinco vezes mais a potência final de Manso. (JPL)




Relatório de 1986 já previa erros
Couto Magalhães é mais viável, diz EIA-Rima
Pode faltar água para o enchimento do lago
Luta de interesses explica opção
‘Não estou arrependido’, afirma Frederico Campos
Prognósticos de especialistas se confirmam
Promotores não vão agir em conjunto
Projetos ambientais são inadequados, aponta UFMT
Programa para recuperação de áreas está atrasado
Domingos Sávio diz que Fema pode ser conivente
‘Falta de chuvas causa baixo nível’
De 21 pontos, 17 estão incorretos
Comissão de Meio Ambiente da OAB vai impetrar ação
Contrato com ‘parceiros’ é duvidoso
Usina de Balbina também foi desastre ambiental
Privatização do setor elétrico explica pressa
Manso tem lago grande para pequena geração
Furnas responde por 43% da energia do País
Qual é a fonte de energia ideal?
Barragens em construção afetarão 80 mil famílias
Núcleo quer intensificar discussões no interior
PCHs podem ser solução viável
Pescadores pedem garantias a Furnas
Terra dos assentados é improdutiva
‘Não como peixe há 7 meses’, diz agricultor
Usina de Manso e Rio Cuiabá, um problema anunciado